pista73.com

conteúdos de aviação comercial

Inicio

Ground Handling, Europa, Aeroportos

A Vision Box, empresa portuguesa, revoluciona aeroportos internacionais

«Uma empresa portuguesa está a revolucionar os aeroportos de todo o mundo graças a uma tecnologia inédita que promete ser o futuro da experiência dos passageiros que viagem de avião. O sucesso fez, inclusive, com que a Vision Box fosse a única empresa do mundo a ser seleccionada para a mostra tecnológica que aconteceu na passada sexta-feira, em Aruba, na Venezuela.
A inovação já se encontra presente em mais de 30 aeroportos internacionais, onde fornece soluções que para além de aumentar a segurança global naqueles espaços, simplifica os processos de controlo de passageiros, reduzindo substancialmente as filas de espera.
A chave do conceito passa pela utilização da biometria, sendo que, nos pontos de controlo do aeroporto, o passageiro só precisa de olhar para uma câmara para ser reconhecido e passar à fase seguinte do processo de embarque, sem necessidade de apresentação de qualquer tipo de documento ou cartão.
Desta forma, ao chegar ao aeroporto, o passageiro dirige-se a um posto de check-in, onde é verificada a autenticidade do seu passaporte e recolhidos os respetivos dados biométricos que irão constituir o ‘envelope virtual do passageiro’.
A informação é, por isso, armazenada e partilhada (através de um modelo seguro de partilha de dados) com as entidades aeroportuárias, a sua linha aérea e autoridades de fronteira. A partir daí, o passageiro pode utilizar os serviços self-service de entrega de bagagem e cruzar todos os pontos de controlo do aeroporto utilizando apenas aquilo que, de forma mais exata e inequívoca, o identifica: a sua biometria, neste caso o reconhecimento facial.
Como tal, o percurso do passageiro ao longo do aeroporto torna-se 100% self-service, com este a ter controlo total da sua viagem dentro do aeroporto. Deixa, portanto, de ser exigido qualquer tipo de interação com agentes da polícia, segurança ou linhas aéreas, nem apresentação de documentação e verificação manual de documentos.
Aos olhos do passageiro, segundo a Vision Box, os resultados são uma maior fluidez, rapidez e comodidade. Por todos estes aspetos, a inovação não passou despercebida aos olhos da organização da mostra tecnológica que aconteceu na passada sexta-feira em Aruba, na Venezuela, que elegeu a empresa portuguesa como a única entre 10 concorrentes internacionais com oportunidade de integrar o prestigiado certame.»

artigo publicado na página de internet “Boas Notícias”
(20 Maio 2014)

PISTA73media

Artigos relacionados

Mais em Aeroportos, Europa, Ground Handling (295º de 637 artigos)

As eGates, ou portas electrónicas, no aeroporto da Portela, utilizam a biométrica facial para avaliar se a cara do passageiro e a fotografia do passaporte electrónico ou cartão do cidadão são a mesma ...