pista73.com

conteúdos de aviação comercial

Inicio

Ground Handling, Ásia e Oceânia, Aeroportos

Aeroporto de Hong Kong – A Indra vai fazer testes de aterragem por satélite com GBAS

«Aviação Civil de Hong Kong adjudicou à Indra a realização de testes de voo com Ground-Based Augmentatiom System (GBAS) no Aeroporto de Hong Kong. Os sistemas de aterragem por satélite beneficiam capacidade, eficiência de custos e impacto no meio ambiental.

O Departamento de Aviação Civil de Hong Kong adjudicou à filial norueguesa da Indra um contrato para a prestação de serviços de realização de testes de voo com Ground-Based Augmentatiom System (GBAS) no Aeroporto Internacional de Hong Kong. O contrato prevê o fornecimento pela Indra do equipamento de terra GBAS NORMARC, e o procedimento de voo e a análise ionosférica para uma série de testes de voo a realizar durante ano de 2018.
A Indra, empresa global de tecnologia e consultoria, com filial em Portugal, tem vindo, desde 2007, a fornecer sistemas de aterragem por satélite comercialmente operacionais que são utilizados em diversos aeroportos noruegueses. Com a decisão da Aviação Civil de Hong Kong a Indra passa a fornecer pela primeira vez o sistema GBAS na Ásia.
Para Linda Lavik, diretora de Produto GBAS da Indra na Noruega, “O GBAS é o futuro dos sistemas de aterragem e tem benefícios a nível de custos, capacidade, segurança e proteção do meio ambiente” e por isso, acrescentou: “Estamos muito satisfeitos de ser o primeiro fornecedor de serviços com a adjudicação de um contrato em concurso público para este importante projeto no Aeroporto Internacional de Hong Kong.”
O GBAS proporciona orientações de navegação muito precisas às aeronaves, o que permite planos de aproximação mais pronunciados e breves. Com aproximadamente 48 aproximações desde um sistema e sem áreas sensíveis, espera-se que o sistema GBAS seja inicialmente um complemento para os sistemas convencionais de aterragem instrumental, pela resiliência, eficácia melhorada e flexibilidade operativa que oferece, esclareceu a Indra. O sistema NORMARC 8100 GBAS é capaz de orientar as aeronaves com segurança, inclusivamente em condições de escassa visibilidade CAT III.
O Departamento de Aviação Civil de Hong Kong regula as atividades da aviação civil e é o fornecedor de serviços de navegação aérea em Hong Kong. O Aeroporto Internacional de Hong Kong está posicionado como o terceiro aeroporto internacional com mais tráfego do mundo. Em 2017 passaram pelo aeroporto mais de 72 milhões de passageiros.»

artigo publicado na página de internet “Tveuropa
(4 Outubro 2018)

Artigos relacionados

Mais em Aeroportos, Ásia e Oceânia, Ground Handling (4º de 694 artigos)

A ponte Hong Kong-Zhuhai-Macau deverá entrar em funcionamento a 23 de Outubro. A entrada em funcionamento da ponte Hong Kong-Zhuhai-Macau trará benefícios para o sector de convenções e exposições, ...