pista73.com

conteúdos de aviação comercial

Inicio

Ground Handling, Europa, Aeroportos

Aeroporto de Lisboa – A ANA suspende operação no terminal 2

«A ANA – Aeroportos de Portugal vai suspender a operação no terminal 2 do aeroporto de Lisboa a partir segunda-feira e concentrar todos os embarques no terminal 1,

numa reorganização destinada a minimizar os impactos económicos da pandemia.
Em comunicado a gestora aeroportuária adianta que a operação no terminal 2 será suspensa a partir das 12h00 de segunda-feira, passando esta estrutura a ser utilizada “unicamente para voos especiais de apoio ao SNS [Serviço Nacional de Saúde] e voos humanitários”.
Segundo explica, esta reorganização das áreas do aeroporto de Lisboa visa minimizar os impactos económicos da pandemia de Covid-19, aos quais “os aeroportos portugueses não estão imunes”, pretendendo “proteger os empregos nesta fase de grande incerteza”.
“Face a uma crise sanitária nunca antes vivida e às medidas de restrição aplicadas às deslocações das pessoas, cujas consequências no setor da aviação ultrapassam os prejuízos decorrentes do 11 de setembro 2001, as companhias aéreas foram forçadas a reduzir rápida e fortemente as suas operações”, salienta a ANA.
Como resultado, diz, “os aeroportos pelo mundo todo adotaram medidas drásticas de reorganização das suas atividades, para acompanhar a redução – às vezes quase total – do tráfego aéreo”, sendo que “alguns dos maiores aeroportos de Europa estão a fechar: Paris-Orly e London City anunciaram a suspensão das suas atividades e Viena está parcialmente encerrado”.
No comunicado, a ANA destaca a “prioridade” que tem dado à “proteção da saúde dos passageiros e dos trabalhadores da comunidade aeroportuária”, com a “divulgação e cumprimento das recomendações de prevenção, higiene e distanciamento social, reforço da limpeza das instalações e desinfeção, limitação do acesso aos aeroportos e aquisição e implementação de um sistema de câmaras de medição de temperatura”.
A gestora aeroportuária garante ainda a “continuidade do serviço público”, afirmando-se “comprometida com o Estado para assegurar que as principais portas de acesso aéreo ao país permanecem sempre abertas, permitindo aos portugueses no estrangeiro e aos estrangeiros em Portugal regressarem para junto das suas famílias e às cadeias logísticas essenciais continuarem a funcionar”.»

 

Artigos relacionados

Mais em Aeroportos, Europa, Ground Handling (32º de 1032 artigos)

«A companhia aérea de baixo custo Wizz air anunciou que irá retomar, a partir da próxima semana, os voos de Londres para a Europa, com Portugal e Espanha a estarem incluídos nesta lista de viagens já ...