pista73.com

conteúdos de aviação comercial

Inicio

Ground Handling, Europa, Aeroportos

Aeroporto Internacional Palermo (PMO) e SITA em parceria para reduzir a pegada de carbono

O Aeroporto Internacional Palermo (PMO) e a SITA anunciaram uma nova parceria para testar, durante um período inicial de quatro meses, uma solução única que visa reduzir significativamente as emissões do aeroporto.
De acordo com um estudo científico, mais de 97% das emissões anuais de um aeroporto são provenientes dos movimentos aeroportuários, chegadas e partidas das aeronaves. Essas emissões de gases de efeito estufa do Escopo 3, que inclui todas as emissões indiretas que ocorrem na cadeia de valor de uma empresa/aeroporto, normalmente representam a maior fonte de emissões. A SITA desenvolveu o SITA Emissions Manager que aproveita a solução SITA Airport Management para medir as emissões.
A iniciativa integrará vários conjuntos de dados de emissões para ajudar o aeroporto a tomar decisões para aumentar a eficiência nas operações de estacionamento de aeronaves e reduzir as emissões de gases de efeito estufa. O teste também avaliará os benefícios do uso do SITA Emissions Manager para otimizar outras fontes de emissão do Escopo 3 no aeroporto.
Com a crescente pressão ambiental sobre a aviação para tomar medidas para reduzir a sua dependência de combustíveis fósseis, conforme refletido na recente COP26 – a cúpula climática global das Nações Unidas de 2021 – a indústria aérea toma medidas para acelerar a descarbonização.

SITA
Palermo Airport leverages SITA technology to accelerate its emission reduction ambitions

 

Artigos relacionados

Mais em Aeroportos, Europa, Ground Handling (72º de 1220 artigos)

A Comissão Europeia revelou o pacote legislativo ‘Fit for 55’ após a aprovação, em abril, da Lei Europeia do Clima ...