pista73.com

conteúdos de aviação comercial

Inicio

Ground Handling, América do Sul, Aeroportos

Aeroportos – O grupo chinês HNA, acionista da TAP, adquire 51% do operador do Aeroporto do Rio de Janeiro

«O grupo chinês HNA, acionista da TAP através do consórcio Atlantic Gateway e da companhia brasileira Azul, adquiriu a maioria do operador do Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro,

informou esta sexta-feira o portal de informação económica Caixin.
O negócio, avaliado em 108 milhões de yuan (13,9 milhões de euros) foi realizado entre a Hainan HNA Infrastructure Investment Group, subsidiária do conglomerado chinês, e o grupo brasileiro de engenharia Odebrecht.
A HNA passa assim a deter 51% dos direitos de controlo do aeroporto, enquanto que a restante participação é detida pelo grupo de Singapura Changi Airport. O grupo chinês compromete-se também a investir 2.160 milhões de yuan (279,2 milhões de euros), para pagar os direitos de licença da infraestrutura.
Ambas as operações necessitam da aprovação de organismos sectoriais e das autoridades anti monopólio da China e do Brasil.
Nos últimos três anos, o grupo HNA investiu mais de 40 mil milhões de dólares em aquisições e investimentos além-fronteiras, convertendo-se num dos maiores investidores internacionais da China.
O grupo tem ainda importantes participações em firmas como Hilton Hotels, Swissport ou Deutsche Bank.
A empresa detém indirectamente cerca de 20% do capital da TAP, através de uma participação de 13% na Azul (companhia do brasileiro David Neelman que integra a Atlantic Gateway) e uma participação de 7% na .
Uma das suas subsidiárias, a Capital Airlines, inaugura este mês o primeiro voo direito entre a China e Portugal.
O aeroporto internacional do Rio de Janeiro é o segundo mais movimentado do Brasil, com 17 milhões de passageiros no ano passado.»

Marcelo Sayão, artigo publicado na página de internet “Observador
(14 Julho 2017)

Artigos relacionados

Mais em Aeroportos, América do Sul, Ground Handling (41º de 552 artigos)

«Uma subsidiária do grupo chinês HNA, acionista da TAP através do consórcio Atlantic Gateway e da companhia brasileira Azul, comprou o aeroporto alemão de Frankfurt-Hahn, infraestrutura deficitária ...