pista73.com

conteúdos de aviação comercial

Inicio

Ground Handling, África, Aeroportos

Angola – A TAAG inicia voos noturnos na rota Luanda (LAD) Cabinda (CAB)

A companhia aérea TAAG informa que as obras de construção e ampliação do aeroporto Maria Mambo Café, em Cabinda, levam a reajustes no programa de voos com destino àquela cidade entre os dias 10 de Janeiro e 25 de Março. O voo para Cabinda, DT-126, é realizado

às segundas, terças, quintas, sextas, sábados e domingos, saindo de Luanda às 19h10, com previsão de chegada àquela cidade às 20h00 e regresso a Luanda às 21h50.
As obras do aeroporto Maria Mambo Café visam dotá-lo de condições operacionais e técnicas para que possa ser uma alternativa ao aeroporto internacional 4 de Fevereiro, além de dar outra dinâmica à operacionalidade dos aviões e ao atendimento de passageiros e carga.
Enquadrada no plano operacional da Linha de Crédito da China, a empreitada, orçada em 185 milhões de dólares (cerca de 31 mil milhões de kwanzas), terá a duração de 14 meses e consiste no aumento das margens de segurança da pista para voos visuais de 75 metros para 150 em cada lado do eixo, ficando livre de obstáculos. A extensão confere à pista 3.400 metros de comprimento e 60 de largura.
O projecto prevê a modernização e a colocação de novo equipamento de ajuda à navegação, dada a previsão da operação de aviões do tipo Boeing-777 e 737 naquele aeroporto.
Contará, ainda, com três mangas para embarque e desembarque, um hangar, um edifício dos bombeiros, um serviço de protocolo remodelado, bem como uma nova central eléctrica e uma vedação para protecção da infra-estrutura.
O acto de consignação das obras do aeroporto Maria Mambo Café foi realizado em Dezembro e contou com a participação do ministro dos Transportes, Augusto Tomás.

adaptação do texto publicado no “Jornal de Angola
(8 Janeiro 2017)

Artigos relacionados

Mais em Aeroportos, África, Ground Handling (74º de 509 artigos)

«Em Angola, já tiveram início as obras de ampliação e modernização do aeroporto Maria Mambo Café, em Cabinda, as quais foram entregues à empresa China Railway Construction Corporation Limited ...