pista73.com

conteúdos de aviação comercial

Inicio

África, Aeroportos

Angola – Aeroporto de Luanda pode contar com radar em 2015

Luanda Aeroporto Internacional

«O terminal aéreo de Luanda pode contar com um sistema radar a partir do segundo semestre de 2015, para fazer a cobertura de toda a sua área, revelou hoje, sexta-feira, em Luanda, o administrador do Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, Diógenes Manuel da Silva.
Falando em conferência de imprensa, a propósito das festividades do 34º aniversário de criação da Empresa Nacional de Exploração de Aeroportos e Navegação Aérea, a assinalar-se a 13 do corrente, o responsável frisou que se verificaram alguns percalços por questões ligadas a linhas de financiamento que atrasaram o processo, mas que neste momento o assunto está resolvido.
Disse que esperam, ainda este ano, dar os passos seguintes para concretização dessa acção.
“Um radar deve ser encomendado para fabricação e estamos em crer que o primeiro radar pode vir a ser instalado em Angola no primeiro semestre de 2015, um radar secundário para a área do terminal de Luanda, avaliado em 4/5 milhões de dólares norte americanos”, concluiu.
Na mesma senda, o administrador explicou que está em curso o programa de gestão e controlo do espaço aéreo, aprovado pelo Executivo e que visa reorganizar o espaço aéreo sobre jurisdição de Angola.
Esse programa, em princípio, vai fazer a cobertura de todo o espaço aéreo com sistemas de vigilância aérea, convencionalmente chamado de radar, enfatizou.
Actualmente, para apoio a navegação aérea, o Aeroporto 4 de Fevereiro conta, dentre outros, com sistema de balizagem luminosa, luzes de aproximação, equipamentos de comunicação VOR/DME.
No quadro da refundação da Enana, em curso desde 2009, foram já reabilitados os aeroportos de Cabinda, Soyo, Terminal Doméstico de Luanda, Ndalatando, Malanje, Benguela, Catumbela, Lubango, Ondjiva, Saurimo, Cuito Cuanavale, a aerogare do Dundo, as pistas e áreas de movimento do Kuito, no Bié.
O país conta actualmente com aeroportos e aeródromos modernos e com muito maior capacidade, o que tem permitido a realização das operações de mobilidade de passageiros e cargas, com maior segurança, conforto e rapidez.»

Artigos relacionados

Mais em Aeroportos, África (60º de 347 artigos)

«A Indra ganhou o concurso público internacional, do Ministério da Defesa da Dinamarca (através da Organização de Aquisição Logística Danesa – DALO), para o fornecimento de radares de ...