pista73.com

conteúdos de aviação comercial

Inicio

Aviação Comercial, América do Sul, Aeroportos

Brasil – A TAP já aterra em Manaus (MAO), bem-vindos à Amazónia

LIS-MAO-BEL-LIS
Aeroporto de Manaus na Amazónia

«A manhã desta terça-feira arrancou com sabor a champanhe na porta 42 do aeroporto da Portela. Não faltou o bolo, nem a bola oficial da Copa do Mundo, nem sequer uma cópia da seleção nacional em tamanho quase real para os passageiros porem a cara e tirarem a fotografia com corpo de jogador.
Fernando Pinto, presidente da TAP, acompanhado do governador do Pará, do vice-prefeito de Manaus, dirigentes dos respetivos turismos oficiais, convidados e 217 passageiros brindaram ao sucesso da rota Lisboa-Manaus-Belém-Lisboa, que iriam inaugurar dali a pouco mais de meia hora.
Manaus e Belém são os primeiros dois dos 11 novos destinos que a companhia aérea portuguesa passa a operar este ano e elevam para 12, o número de cidades brasileiras com voos diretos da TAP, passando a cobrir o país de Norte a Sul com 82 voos semanais entre a Europa e o Brasil. Esta é, aliás, a companhia europeia campeã de voos para o Brasil.
A confirmar a estratégia de expansão a partir de Lisboa, em julho seguem-se as estreias dos voos para Bogotá na Colômbia, Cidade do Panamá no Panamá, Hanôver na Alemanha, Talin na Estónia, Gotenburgo na Suécia, Belgrado na Sérvia, São Petersburgo na Rússia, Oviedo em Espanha e Nantes em França.
Três vezes por semana, às terças, sextas e domingos, parte agora de Lisboa um Airbus A330 da TAP rumo às capitais do Amazonas e do Pará. Antes mesmo do voo inaugural, já metade dos bilhetes disponíveis até ao fim do ano estavam reservados – cerca de 30 mil.
Oito horas depois de levantar voo de Lisboa, o Airbus com as cores portuguesas deixa o Atlântico e sobrevoa a Amazónia da Guiana Francesa. O tapete verde estende-se, interminável, sob serras de nuvens brancas que despejam chuvas na floresta. Já sobre terra brasileira, na aproximação a Manaus, a 3700 metros de altitude, o Amazonas mostra-se gigante. Depois avista-se a Ponte Rio Negro, sobre o rio do mesmo nome, e os primeiros prédios de Manaus.»

Mónica Bello, artigo publicado na página de internet
(4 Junho 2014)

Artigos relacionados

Mais em Aeroportos, América do Sul, Aviação Comercial (3º de 639 artigos)

«O que os aeroportos da Cidade do Panamá, Guarulhos, Hong Kong, Confins e Londres têm em comum? Eles são verdadeiros centros de distribuição de voos. Chamados de hub pela aviação, esses locais são ...