pista73.com

conteúdos de aviação comercial

Inicio

Ground Handling, América do Sul, Aeroportos

Brasil – Infraero reforçará equipas de aeroportos durante a Copa

«A Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) vai ampliar as equipas que trabalham nos aeroportos administrados pela instituição localizados em cidades-sede da Copa do Mundo (Belo Horizonte, Cuiabá, Curitiba, Fortaleza, Porto Alegre, Manaus, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e Congonhas, em São Paulo). Os aeroportos de Guarulhos, em São Paulo, Natal e Brasília já foram concedidos para a iniciativa privada.
O efetivo da área operacional nesses aeroportos da Infraero será ampliado em 18% no período, passando de 1.424 para 1.675 funcionários. As escalas de plantão serão reforçadas para monitorar o funcionamento das escadas rolantes, elevadores, esteiras e sistemas de ar condicionado.
O número de “amarelinhos” saltará dos atuais 473 funcionários que trabalham vestidos com coletes amarelos com a frase “Posso Ajudar?/May I Help You?” para 704 pessoas, a partir de 10 de junho. Eles vão ajudar usuários com dúvidas como horários de voos, portões de embarques e outros serviços.
A Infraero informa que já elaborou um plano de ações para que o movimento de aeronaves e de passageiros ocorra sem transtornos durante a realização do evento. São procedimentos relacionados à recepção dos diferentes públicos que vão passar pelos aeroportos brasileiros, como chefes de Estado, delegações e seleções de futebol, comissão de arbitragem e espectadores, brasileiros e estrangeiros.
Os aeroportos da Infraero na cidades com jogos da Copa contarão com espaços específicos para receber com maior conforto e mais segurança os brasileiros e os turistas internacionais: as “Fun Zones”. Tratam-se de áreas que variam de 200 a 750 metros quadrados, variando de acordo com cada terminal.
Nas “Fun Zones” haverá opções de entretenimento e prestação de serviço. Os torcedores poderão assistir, em telões, aos jogos da Copa; obter informações turísticas de cada cidade em português e inglês em totens touch screen; jogar pebolim; futebol de botão e videogame, além de acessar wi-fi gratuito, efetuar operações em caixas para saques nacionais e internacionais em real; fazer check in por meio de totens das principais companhias aéreas brasileiras, e, ainda, acompanhar, pelos monitores, as informações de embarque e desembarque de voos.
Durante o período da Copa, são esperados 600 mil estrangeiros e 3,1 milhões de brasileiros, de acordo com o Ministério do Turismo.»

Ayr Aliski, artigo publicado na página de internet “Br Noticias”
(5 Junho 2014)

Artigos relacionados

Mais em Aeroportos, América do Sul, Ground Handling (150º de 532 artigos)

Os dez aeroportos, Galeão (RJ), Santos Dumont (RJ), Guarulhos (SP), Congonhas (SP), Viracopos (SP), Brasília (DF), Confins (MG), Pampulha (MG), Salvador (BA) e Manaus (AM), para os Jogos Olímpicos e ...