pista73.com

conteúdos de aviação comercial

Inicio

Manutenção Aeronáutica, Ásia e Oceânia, Aeroportos

China – erro de bombeiros encerra aeroporto de Fuzhou durante mais de 90 minutos

O motor direito do Boeing 737-800 da Air China incendiou-se na pista do aeroporto de Fuzhou, na província chinesa de Fujian, quando estava no caminho para a descolagem.
O primeiro a reparar no fogo foi o comandante da Fuzhou Airlines que seguia atrás e avisou o piloto da Air China, que desligou o motor, e chamou os bombeiros.
Oito carros de bombeiros chegaram ao local em menos de dois minutos e lançaram espuma sobre o avião da Fuzhou, em vez de arrefecerem o motor do avião que se tinha incendiado, disse uma fonte da Fuzhou Airlines, citada pela imprensa chinesa.
Quando os bombeiros repararam no erro, mudaram a agulheta para o avião certo, o da Air China, que tinha o motor sem sobreaquecimento, mas o avião da Fuzhou já estava coberto de espuma.
Os passageiros tiveram que abandonar a aeronave, que só foi autorizada a descolar depois de lavada e inspecionada pela Boeing.
Em face do incidente, a direção do aeroporto encerrou a pista, durante mais de 90 minutos, o que originou atrasos, em mais de uma dúzia de voos.

adaptação do texto publicado no jornal “Jn
(11 Dezembro 2015)

Artigos relacionados

Mais em Aeroportos, Ásia e Oceânia, Manutenção Aeronáutica (234º de 460 artigos)

Airbus A330-300, 9V-STG, da Singapore Airlines (SIA) estacionado no stand A17 do Terminal 3 do aeroporto de Changi que iria voar para Hong Kong cai de nariz sem passageiros nem tripulação a bordo e obriga a ...