pista73.com

conteúdos de aviação comercial

Inicio

Ground Handling, África, Aeroportos

Moçambique – Aeroporto de Nacala passa à gestão privada

«O Aeroporto Internacional de Nacala, na província de Nampula, vai passar à gestão privada, no âmbito da reestruturação da empresa Aeroportos de Moçambique. O programa de reestruturação daquela empresa pública foi apreciado pelo Conselho de Ministros, reunido na terça-feira, em Maputo, na sua 18.ª sessão ordinária.
Segundo o porta-voz da sessão, Mouzinho Saíde, a concessão deste aeroporto para a gestão privada, que constitui uma das ações do programa, tem em vista melhorar a sua eficiência e atratividade por companhias aéreas internacionais.
«O objetivo é de transformar o Aeroporto de Nacala numa conexão aeroportuária para receber voos internacionais e distribuir para os destinos finais», explicou Saíde.
As ações incluem, também, a definição dos pontos de entrada ao tráfego internacional, dividindo-os em aeroportos internacionais para o tráfego regular e aeroportos internacionais para tráfego ‘charter’, esta última componente com propósitos turísticos.
«Todos os aeroportos atuais que recebem tráfego internacional continuarão a receber voos ‘charter’ para facilitar o acesso de turistas», disse o porta-voz, que é igualmente vice-ministro da Saúde.
O responsável disse ainda haver um plano para reduzir o número de aeroportos que recebem voos internacionais, atualmente contabilizados em oito. «A implementação destas ações deverá ser feita de forma gradual», destacou.
Concebido e construído pela Odebrecht Infraestrutura – África, Emirados Árabes e Portugal, em parceria com a empresa Aeroporto de Moçambique, o Aeroporto Internacional de Nacala foi inaugurado em dezembro de 2014 e tem capacidade para atender 500 mil passageiros e receber cinco mil toneladas de carga por ano. Com uma pista de 3.100 metros de comprimento, este aeroporto pode receber aeronaves de grande porte, como o Boeing 747.
O aeroporto entrou em funcionamento com voos comerciais operados pelas Linhas Aéreas de Moçambique e sua gestão está a cargo da empresa Aeroportos de Moçambique, responsável pela administração do espaço aeroportuário do país.»

Alexandre Zandamela, artigo publicado no jornal “A Bola”
(1 Junho 2016)

Artigos relacionados

Mais em Aeroportos, África, Ground Handling (104º de 528 artigos)

As Cataratas de Vitória são Património Mundial da UNESCO e uma das sete maravilhas naturais do mundo. Agora, contam também com um novo Aeroporto Internacional que receberá voos diretos ...