pista73.com

conteúdos de aviação comercial

Inicio

Ground Handling, Europa, América do Sul, Aeroportos

Pegada de carbono – Aeroportos de Genebra e Galápagos atingem a “Neutralidade”

Airport Carbon Accreditation

Os aeroportos de Genebra na Suíça e Galápagos no Oceano Pacífico e que faz parte do território do Equador tornaram-se neutros em carbono,

certificados pelo Airport Carbon Accreditation. Actualmente existem classificados 37 aeroportos em todo o Mundo neutros em carbono e cerca de 211 integrados num dos 4 níveis de acreditação.
A Acreditação Aeroportuária de Carbono é uma iniciativa do ACI (Airports Council International) e constitui um programa específico para a gestão das emissões de carbono para os Aeroportos. Através dele, o ACI avalia e reconhece os esforços dos aeroportos para gerir e reduzir as suas emissões de carbono, havendo quatro níveis de reconhecimento: “Mapeamento”, “Redução”, “Otimização” e “Neutralidade”.

O Aeroporto Ecológico de Galápagos no Equador é o primeiro aeroporto neutro em carbono na América Latina. Jorge Rosillo, responsável por esta infra-estrutura comentou: “É uma grande honra para nós receber esta certificação no Nível 3+ Neutralidade como o primeiro aeroporto da América Latina e das Caraíbas. Mais importante ainda, o nosso status de Neutralidade é fruto de um esforço de grupo.”
Rosillo, acrescentou: “O apoio à nossa abordagem ecológica para a gestão de um aeroporto veio de todos os níveis da nossa organização – desde a alta administração da Corporación América até cada um dos funcionários, que se orgulham de fazer parte do Aeroporto Ecológico de Galápagos. Ao mesmo tempo, todo o processo de medição e redução de nossa pegada de carbono foi facilitado pelo quadro inteligível fornecido pela Airport Carbon Accreditation.”
O aeroporto de Genebra passa a fazer parte dos 29 aeroportos europeus neutros em carbono. André Schneider, responsável por esta infraestrutura aeroportuária, comentou: “Orgulhamo-nos de dizer que concluímos o compromisso que fizemos no ano passado, para reduzir as emissões sob o nosso controle para zero. Agora que chegamos ao Nível 3+ de Certificação de Carbono, pretendemos continuar o nosso trabalho sobre os vários aspetos ambientais das nossas operações com o mesmo zelo”.
Em África, existem agora 10 aeroportos certificados num dos 4 níveis da Certificação de Carbono, 41 na Ásia-Pacífico, 118 na Europa incluindo Manchester, o primeiro do Reino Unido neutro em carbono, 8 na América Latina e Caraíbas e 34 na América do Norte. Em Portugal todos os principais aeroportos encontram-se no nível 2.

Luís Miguel, adaptação do texto publicado na página de internet “Viagens E Férias
(29 Janeiro 2018)

Artigos relacionados

Mais em Aeroportos, América do Sul, Europa, Ground Handling (130º de 801 artigos)

Iniciativa está sendo liderada pelo DECEA e a Concessionária Administradora do Aeroporto de Guarulhos – GRU Airport e tem como objetivo melhorar o desempenho da gestão do tráfego aéreo, bem como permitir ...