pista73.com

conteúdos de aviação comercial

Inicio

Europa, Aeroportos

Portugal – A ANA Aeroportos vai investir este ano 62 milhões

Aeroporto de Lisboa

Mais taxas, mais investimento
“Iniciámos um novo ciclo de investimentos já no espírito do novo quadro regulatório e para responder ao que nos é pedido em termos de capacidade e de qualidade de serviço”, avançou Francisco Pita. “Temos de manter os nossos investimentos se queremos continuar a acomodar o crescimento previsto. Esse crescimento tem de ser remunerado”, frisou, aludindo às taxas aeroportuárias da Portela, que a 1 de Abril terão a terceira subida dos últimos meses.
O novo modelo regulatório, em vigor desde 2013, permite que, perante uma evolução positiva do tráfego, a gestora possa subir taxas – ou tenha de descer, se o tráfego reduzir. Porém, a subida das taxas deverá incentivar novos investimentos, potenciando o crescimento dos aeroportos, justificou o presidente da ANA, Jorge Ponce Leão, aos jornalistas.
Depois de um aumento 5% no tráfego em 2013 – atingindo 32 milhões de passageiros nos dez aeroportos que gere -, é esperada uma subida de 4% em 2014. Mas o gestor ressalva que o número possa ser ultrapassado, tendo em conta o aumento do turismo em Portugal, por exemplo.

No ano passado, as low costs foram as companhias com maior crescimento de tráfego, transportando mais 928 mil passageiros. Por outro lado, a crescente emigração e as consequentes viagens dos portugueses para visitar família e amigos no estrangeiro compensaram a quebra nos voos do mercado doméstico e para fazer férias fora do país.
No encontro, Ponce Leão aproveitou para rejeitar as críticas das companhias aéreas às taxas em Lisboa. Na sua óptica, o aumento do valor cobrado tem um impacto de “cêntimos” no bolso dos passageiros e, por isso, é “irrelevante” no custo total de uma estadia.
Segundo uma análise da ANA, as taxas da Portela estão 23% abaixo dos 22,63 euros da média do grupo de comparação, que engloba os aeroportos de Bruxelas, Barcelona ou Copenhaga.
Outro estudo da empresa mostrou que as taxas médias pagas por passageiro aumentaram 5,8% entre Dezembro de 2008 e Dezembro de 2013. Em Heathrow, Londres, esse indicador variou 39% e em Madrid subiu 159%.

Ana Serafim, adaptação do texto publicado no jornal “O Sol”
(3 Fevereiro 2014)

Parte: 1 2

Artigos relacionados

Mais em Aeroportos, Europa (224º de 889 artigos)

Os aeroportos portugueses, geridos pela ANA, receberam 55,3 milhões de passageiros em 2018, o que representa uma subida de 6,8% face ao ano anterior. ...