pista73.com

conteúdos de aviação comercial

Inicio

Europa, Cockpit, Aeroportos

Roménia – Indra escolhida para renovação de radares de controlo de tráfego aéreo

«A ROMATSA, fornecedor de serviços de navegação aérea romena, encomendou à Indra o fornecimento de radares para monitorizar as deslocações aéreas do principal aeroporto do país, Henri Coanda em Bucareste, e de mais dois aeroportos, Cluj-Napoca e Bacau.
A companhia irá implementar nas imediações do aeroporto da capital uma estação que contará com um radar primário e outro secundário. A precisão e a segurança que este sistema oferece irão possibilitar a redução da distância entre os aviões, aumentando a capacidade do Aeroporto de Bucareste.
A Indra vai também equipar os aeroportos internacionais Cluj-Napoca e Bacau com radares secundários, que vão incorporar a última tecnologia de identificação de aviões (modo S), elevando os níveis de segurança e agilidade no controlo do tráfego.
Este contrato foi implementado depois de a ROMATSA ter confiado à companhia um projeto bastante ambicioso que inclui a modernização do centro de controlo da rota de Bucareste e de mais quatro centros de controlo próximos. Este projeto também conta com a renovação dos sistemas de gestão de tráfego aéreo, num total de 15 torres de controlo.
A Indra irá equipar estes sistemas com a última tecnologia de gestão do tráfego com base na trajectória 4D, interoperabilidade e previsão de conflito. Todas estas melhorias irão facilitar o trabalho dos controladores de trafego aéreo, libertando-os de tarefas repetitivas e permitindo-lhes concentrar-se no planeamento tático. Isto ajudará a que o fluxo de tráfego seja mais fácil e ordenado face à capacidade de prever a chegada de alguns problemas antes mesmo de acontecerem.
Estas melhorias também irão cumprir com os requisitos solicitados pelo consórcio SESAR JU, responsável pela implementação do céu único europeu ( SES ). Deste modo, a ROMATSA posiciona-se como um dos fornecedores mais avançados de navegação aérea Europeia e poderá oferecer às companhias aéreas uma gestão mais flexível e eficiente do tráfego.»

artigo publicado na revista “Cargo Edições”
(6 Abril 2015)

Artigos relacionados

Mais em Aeroportos, Cockpit, Europa (48º de 636 artigos)

“A capacidade de um aeroporto resulta de uma combinação da capacidade individual de todos os seus subsistemas: ‘check-in’, segurança, bagagens até à pista ou mesmo à navegação ou ...