pista73.com

conteúdos de aviação comercial

Inicio

Europa, Aviação Comercial

A Airbus / Airbus UpNext desenvolve projeto fello’fly inspirado na biomimética

A Airbus assinou acordos com duas companhias aéreas suas clientes – a Frenchbee e SAS Scandinavian Airlines -, bem como com três prestadores de serviços de navegação aérea ANSP (Air Navigation Service Provider)

– a DSNA de França (Direction des Services de la Navigation Aérienne ), o NATS do Reino Unido (National Air Traffic Services National) e o EUROCONTROL – para demonstrar a viabilidade operacional do seu projeto fello’fly, cujo principal objetivo é reduzir as emissões da indústria da aviação.
Inspirado na biomimética, o projeto fello’fly baseia-se no Wake Energy Retrieval (WER) para reduzir as emissões da aviação. Esta recuperação de energia, WER, replica o comportamento dos pássaros que voam juntos para reduzir o consumo de energia. A técnica de uma aeronave seguidora recuperar a energia perdida pela líder, ao voar na esteira de ar criada, reduz o consumo de combustível na ordem dos 5-10% por viagem.
No âmbito destes acordos, Airbus, Frenchbee, SAS, DSNA, NATS e EUROCONTROL vão desenvolver um conceito de operações (CONOPS) seguro e realista indispensável para moldar as regulamentações operacionais para o projeto fello’fly. Os voos de teste vão realizar-se até ao fim de 2020 com duas aeronaves Airbus A350, contando com o envolvimento das companhias aéreas e dos prestadores de serviços de navegação aérea ANSP (Air Navigation Service Provider) num espaço aéreo oceânico, já em 2021.
Tendo em conta o elevado potencial de redução significativa das emissões para a indústria de aviação como um todo, contribuindo diretamente para as metas de crescimento sustentável do setor, a Airbus tem como meta um Entry-Into-Service (EIS) controlado, o que é esperado para meados desta década. O fello’fly faz parte da Airbus UpNext, uma subsidiária da Airbus criada para proporcionar um desenvolvimento rápido de tecnologias do futuro, através da construção de demonstradores com rapidez e escala.

Os aviões da Airbus podem começar a voar em formação (como os pássaros)

Artigos relacionados

Mais em Aviação Comercial, Europa (24º de 927 artigos)

«A Airbus revelou um conceito de avião comercial alimentado por hidrogénio como principal combustível, com o objetivo de anular as emissões. Se tudo correr como planeado, os primeiros modelos poderão ...