pista73.com

conteúdos de aviação comercial

Inicio

Ground Handling, Europa, Aviação Comercial

A DHL Express – O primeiro operador do Airbus A330-300 cargueiro

«A DHL Express torna-se assim no primeiro operador expresso a receber o avião A330-300P2F da Elbe Flugzeugwerke (EFW) – uma joint venture entre a ST Aerospace e a Airbus.

A entrega realizou-se nas instalações de conversão de carga da EFW, em Dresden, depois da conclusão bem-sucedida dos voos de ensaio, em Outubro, e da atribuição do Certificado Suplementar de Tipo (STC) pela Agência Europeia de Segurança da Aviação (EASA), em Novembro.
A DHL Express formalizou o pedido de 8 unidades A330-300P2F, com a possibilidade de receber outras 10.
«A DHL Express está muito satisfeita por incluir o primeiro A330-300 P2F na operação comercial da sua rede aérea internacional», afirmou Geoff Kehr, SVP, Global Air Fleet Management da DHL Express. «O primeiro avião servirá para fortalecer a rede aérea da Ásia-Pacífico, aumentar a capacidade e a eficiência num mercado onde estamos a assistir a um crescimento dinâmico de volume de carga expresso».
O programa de conversão do A330P2F, lançado em 2012, é uma colaboração entre a ST Aerospace, a Airbus e a sua joint venture EFW. A ST Aerospace, como líder técnico do programa e da fase de desenvolvimento de engenharia, é responsável pela candidatura a certificados suplementares para as conversões de aviões-cargueiro, da Agência Europeia para a Segurança da Aviação e da Administração Federal de Aviação dos EUA. A Airbus contribui para o programa com dados OEM e apoio na certificação, enquanto a EFW lidera a fase de industrialização e de comercialização do programa de conversão cargueiro.

Maior capacidade igual a maior economia
O programa A330P2F inclui duas versões – o A330-200P2F e o maior A330-300P2F. Das duas variantes, o maior A330-300P2F está vocacionado para integradores e operadores expresso devido à sua elevada capacidade de carga volumétrica com carga de baixa densidade. Este pode transportar até 62 toneladas por mais de 6.760km, oferecendo 20% mais volume de carga e menor custo por tonelada do que outros tipos de aviões de carga com um alcance semelhante.»

artigo publicado na página de internet “Cargo Edições”
(14 Dezembro 2017)

Artigos relacionados

Mais em Aviação Comercial, Europa, Ground Handling (69º de 719 artigos)

O consórcio responsável pela operação do avião cargueiro entre Lisboa e o Funchal, efetuou o voo inaugural e anunciou que vai estabelecer acordos com outras companhias aéreas para colocar os produtos ...