pista73.com

conteúdos de aviação comercial

Inicio

Aviação Comercial, Ásia e Oceânia

A Emirates aumentou em 2016 a frota com 20 Airbus A380 e 16 Boeing B777-300ERs

retirou 29 aeronaves

A Emirates, a maior companhia aérea internacional do mundo, completou em 2016 mais um ano de crescimento, fruto da expansão da frota e do investimento nos produtos para os passageiros.

Sir Tim Clark, Presidente da Emirates, referiu que este ano “a vontade dos passageiros em viajar permaneceu resistente ao contexto socioeconómico e político do mundo, e isso refletiu-se no nosso crescimento operacional. A Emirates continuará com a estratégia de crescimento, promovendo os Emirados Arabes Unidos (EAU), e o desenvolvimento do comércio e do turismo no Dubai. Também continuaremos a investir nos nossos produtos e serviços para oferecer aos nossos passageiros uma experiência valiosa e excecional na descoberta do mundo.”.
A Emirates ampliou a frota em 2016 com 36 novos aviões: 20 aviões A380 e 16 Boeing 777-300ERs, retirando 29 aviões antigos. A companhia aérea concluiu o ano com 255 aviões ao serviço, com uma idade média de cinco anos, significativamente abaixo da média da indústria nos últimos 11 anos.
Ao renovar a frota, a Emirates não só minimizou a sua pegada ecológica, como também inovou os seus produtos e serviços a bordo.
Em abril, a Emirates com dois aviões A380, contabilizando um total de 142 encomendas de A380, tendo consolidado a sua posição como a maior operadora mundial do icónico avião de dois andares.
Em novembro, a Emirates tornou-se a única companhia aérea a operar exclusivamente com aviões A380 e Boeing 777, elevando ainda mais a experiência dos passageiros a bordo através de uma frota moderna com instalações de alta tecnologia.
A Emirates começou também a receber entregas dos novos Aviões A380 e Boeing 777-300ER. O mais recente A380 tem novas funcionalidades incluindo uma nova configuração de assentos na Classe Económica e um teto mais alto na Classe Executiva, tudo para proporcionar uma sensação de espaço aos passageiros. Os novos Boeing 777-300ERs da Emirates, recebidos em novembro, também contam com as novas funcionalidades dos lugares na Classe Executiva.

Artigos relacionados

Mais em Ásia e Oceânia, Aviação Comercial (66º de 417 artigos)

A Emirates iniciou a rota mais curta de um Airbus A380, num percurso de 379 quilómetros com uma hora e 20 minutos de tempo de voo entre Dubai e Doha, e regresso numa hora e dez minutos. ...