pista73.com

conteúdos de aviação comercial

Inicio

Ground Handling, Aviação Comercial, Ásia e Oceânia

A Emirates reduz custos de combustível com a impressão de componentes em 3D

A Emirates anunciou que tem usado tecnologia de ponta, impressão 3D para produzir componentes para as cabines dos seus aviões. A companhia aérea chegou a um importante marco na inovação ao utilizar Selective Laser Sintering (SLS),

uma nova e inovadora técnica de impressão 3D para produzir os revestimentos dos monitores de vídeo. Uma das outras mais recentes conquistas foi a impressão 3D, certificação e instalação das grelhas de ventilação da cabine do avião.
A Emirates trabalhou com o 3D Systems, um fornecedor de serviços com base nos Estados Unidos, que fabrica equipamento e material de impressão 3D, e com o UUDS, um Escritório Europeu de Engenharia e Certificação de Aviação e fornecedor de serviços com sede em França, de forma a imprimir a 3D o primeiro revestimento de monitor de vídeo com a plataforma tecnológica Selective Laser Sintering (SLS) do 3D Systems.
Uma das grandes vantagens de usar a técnica SLS é a redução do peso dos componentes impressos combinado com a força das partes produzidas. O revestimento do monitor de vídeo feito a partir da impressão 3D com SLS pode pesar menos 9% e 13% do que os componentes produzidos tradicionalmente ou através da técnica FDM. Isto tem potencial para reduzir significantemente as emissões de combustível e os custos se pensarmos na produção de peças para toda a frota de aviões da Emirates.
Adicionalmente, com a técnica SLS é possível imprimir mais do que um componente ao mesmo tempo, quando comparados com outros métodos de impressão 3D. Isto leva a uma produção mais rápida e com menos desperdício de matérias-primas.
Utilizar a impressão 3D irá trazer outros benefícios para a Emirates, incluindo maior eficiência na gestão do inventário para centenas de componentes do interior da cabine do avião. Ao poder imprimir componentes necessários num pequeno espaço de tempo, a companhia aérea não terá de deter um grande inventário de peças ou esperar pela reposição do seu stock.
A Emirates irá avaliar a performance e a durabilidade das grelhas de ventilação e do revestimento dos monitores de vídeo antes de os implementar em toda a frota. A companhia irá continuar a procurar novas oportunidade para introduzir componentes com impressão 3D em todas as suas estruturas.

 

Artigos relacionados

Mais em Ásia e Oceânia, Aviação Comercial, Ground Handling (79º de 757 artigos)

No âmbito do Dia Internacional da Mulher, a Emirates destaca o papel importante desempenhado pelas suas colaboradoras, através de um vídeo especial que documenta a quantidade e diversidade de papéis ...