pista73.com

conteúdos de aviação comercial

Inicio

Europa, Aviação Comercial

Airbus A321XLR realizou o primeiro “flight test” com sucesso

O Airbus A321XLR – MSN11000 descolou do Aeroporto de Hamburgo-Finkenwerder (XFW) às 11:05 (10:05 PT) para um voo de teste que durou aproximadamente 4 horas e 35 minutos. A tripulação da aeronave era composta por pilotos com experiência em voos de teste, Thierry Diez e Gabriel Diaz dos Viellegas Giron, acompanhados pelos engenheiros Frank Hohmeister, Philippe Pupin e Mehdi Zeddoun. Durante o voo, a tripulação testou os controlos de voo, motores e sistemas principais da aeronave, incluindo, as proteções de envelope do voo, em alta e baixa velocidade.
Philippe Mhun, Airbus EVP Programmes and Services, afirmou: “É um marco importante para a família A320, e para os clientes espalhados por todo o mundo. Com a entrada ao serviço do A321XLR, as companhias aéreas podem garantir o conforto em voos de longo curso, numa aeronave de corredor único/narrow-body, graças a uma cabine única. O A321XLR abrirá mais novas rotas com performances económicas e sustentáveis.” Prevê-se que estará ao serviço em 2024.
O A321XLR representa um passo revolucionário dentro da família de aviões A320neo com corredor único, atendendo aos requisitos do mercado para uma aeronave de maior alcance e carga útil, criando mais valor para as companhias aéreas ao permitir serviços economicamente viáveis em rotas mais longas do que outro qualquer modelo.
O novo modelo A321XLR vai disponibilizar de aeronaves de corredor único até 4.7000nm (8700km), com redução no consumo de combustível de 30% por assento quando comparado com aeronaves de gerações anteriores, como também a redução de emissões NOX e de ruído. Até ao final de maio de 2022, a família A320neo obteve mais de 8.000 pedidos por parte dos 130 clientes em todo o mundo. O A321XLR acumula, desde já, 500 pedidos por parte de 20 clientes.

Airbus A321XLR

Artigos relacionados

Mais em Aviação Comercial, Europa (44º de 1069 artigos)

No Dubai airshow, a Airbus deu a conhecer as suas previsões mais recentes para o mercado global (2021-2040) salientando a mudança da procura pelo crescimento da frota ...