pista73.com

conteúdos de aviação comercial

Inicio

Ground Handling, Aviação Comercial, África

Angola – Sector da aviação civil vai conhecer melhorias

«O ministro dos Transportes, Augusto da Silva Tomás afirmou que o seu ministério definiu um modelo de transformações profundas que tem permitido alcançar uma evolução positiva ao nível do sector aéreo.
Durante a sua intervenção na primeira conferência sobre Aviação Civil que decorreu em Luanda sob lema “Novos desafios para o relançamento do sector aéreo”, o governante reafirmou o quão importante é a parceria estratégica que a TAAG assinou recentemente com uma das maiores companhias do mundo a Emirates.
“A Taag poderá assim explorar novas fontes de conhecimentos em mercados menos tradicionais e elevar um excelente serviço para novos patamares”, acrescentou.
Segundo ele, a Emirates tem ao longo dos últimos anos participado no crescimento do mercado africano e fruto desta experiência reconhece igualmente o papel importante que Angola deverá desempenhar no sector ao nível da África Central.
Mais adiante Augusto da Silva Tomás lembrou que o novo aeroporto de Luanda tem um investimento de 392,8 mil milhões de kwanzas (4 mil milhões de dólares), sendo a maior aposta de sempre no sector aéreo nacional o que vai permitir o aumento de 15 milhões de passageiros anuais.

Modelos de operação
Neste contexto, tendo em conta as debilidades que ainda se constatam nas operações aéreas domésticas o ministro garante ser imperativo rever o modelo das operações domésticas de forma a garantir a sua sustentabilidade pelo que poder-se-á migrar para um outro modelo que promova uma maior integração para reforçar as sinergias entre o sector público e o privado.
Salientou ser importante dar uma devida atenção em aspectos como aumento da eficiência, redução dos custos operacionais, promoção de fluxo de passageiros nos destinos nacionais e internacionais, melhoria do serviço ao cliente mantendo uma série de rotas para responder as suas expectativas.
Além disso “está prevista ainda uma nova definição de arquitectura nos parques de estacionamento em função da realidade actual e garantir a rentabilidade das operadoras domésticas”.

Evolução económica
Segundo Augusto da Silva Tomás, estes factores deverão continuar a desempenhar um papel crucial no futuro, merecendo a atenção de todos e a melhoria das condições do sector, para fazer face aos desafios ligados ao volume de tráfego, destinos servidos e condições de segurança operacional.
Salientou que os desafios requerem uma articulação mais fluída entre os participantes do sector da aviação civil em Angola, sejam nacionais ou internacionais, públicos ou privados, alicerçado numa maior comunicação e num maior entendimento dos desafios enfrentados por cada entidade.
Quanto ao evento, referiu ser objectivo da conferência a dinamização da discussão entre as principais entidades do sector, de modo a promover o estabelecimento de vias de comunicação franca, de pontes de entendimento para criar alinhamento sobre as prioridades de actuação conjunta.
O ministro reconheceu o esforço dos trabalhadores que envolve todo o sector dos transportes que todos os dias garantem as condições de segurança do sector aéreo que todos beneficiamos.

Novos desafios
Em 2013, segundo o presidente do Conselho da Administração da Taag, Joaquim Texeira Cunha, a companhia de bandeira teve receitas no valor de 76,1 mil milhões de kwanzas (775 milhões de dólares norte-americanos).
O responsável que apresentou a margem da conferência os desafios da empresa que dirige afirmou que para os próximos anos a firma prevê aquisição de mais quatro novas aeronaves, implementação de sete novos destinos, aumento de 40 por cento em termos de passageiros, 50 por cento do volume de carga bem como ao lançamento da Academia da Aviação Civil.»

Xavier António, artigo publicado na página de internet “Jornal da Economia
(17 Outubro 2014)

Artigos relacionados

  • Luanda - “Os Novos Desafios para o Relançamento do Sector Aéreo em Angola”
  • Angola - TAAG mantém-se como companhia de bandeira
Mais em África, Aviação Comercial, Ground Handling (289º de 591 artigos)

«A sessão foi dominada por discussões à volta do Plano Estratégico e de Negócios da TAAG, no âmbito do Contrato de Gestão celebrado com a Emirates Airlines para o período de 2015-2019 e o Projecto ...