pista73.com

conteúdos de aviação comercial

Inicio

Aviação Comercial, África

Cabo Verde – A Binter Cabo Verde aterra na ilha do Fogo

Seis voos semanais

«A Binter Cabo Verde realizou o primeiro voo com destino à cidade de São Filipe, na ilha do Fogo, e perspectiva chegar às ilhas de Maio e São Nicolau antes do verão, ligando assim todas as ilhas de Cabo Verde com aeroportos.
Eram 17:30 quando o ATR 72-500 de nome “ilha do Fogo” aterrou no aeródromo de São Filipe com 63 pessoas a bordo entre convidados e passageiros, que foram recebidos no meio de muita festa com música e muitos aplausos.
Para a directora comercial da companhia, Marina Ferreira, a Binter chega assim ao seu quinto destino, dando mais um passo na realização do seu sonho de chegar a todos as ilhas com aeroportos e aeródromos.
“Antes do verão com certeza vamos estar a ligar todas as ilhas que têm aeroporto e aeródromo”, disse, adiantando que tudo que a companhia colocou como objectivo está a alcançar, com prestações de “excelente serviço” e um nível de pontualidade que ultrapassa os 95%.
Para a ilha do Fogo serão realizados seis voos semanais, sendo um voo diário.
A Binter chegou à Ilha do Fogo no momento em que se preparam as festas do 1º de Maio e do Município de São Filipe. Os voos já estão todos cheios até 01 de Maio. Por isso Marina Ferreira adiantou que está na forja a realização de mais um voo diário para dar vazão à crescente demanda desta época.
Para o presidente da Câmara Municipal de São Filipe, Jorge Nogueira, que falou em nome dos autarcas da ilha, a chegada da Binter leva um novo alento aos operadores turísticos e ao povo da ilha no geral.“A felicidade da Binter é a felicidade do Fogo. Se a Binter cá ficar nós também ficaremos felizes. Seguramente haverá mais procura e consequentemente a Binter está cá para oferecer os serviços. É sinal de que finalmente estamos no desenvolvimento”, disse Jorge Nogueira.
A Binter Cabo Verde iniciou as suas actividades a 12 de Novembro de 2016 e com voos a partir da Cidade da Praia para os aeroportos de São Vicente, do Sal e da Boa Vista.
Durante os primeiros meses de operações já transportou mais de 40 mil passageiros. Com as ligações para a ilha Fogo espera até Junho chegar aos 70 mil passageiros, conforme perspectivou a directora comercial da empresa.
O voo para a ilha do Fogo custa entre 7000 e 12.900 escudos cabo verdianos ida e volta.»

artigo publicado na página de internet “Inforpress”
(15 Abril 2017)

Artigos relacionados

Mais em África, Aviação Comercial (94º de 617 artigos)

«A transportadora aérea angolana TAAG retoma os voos entre Angola e Cabo Verde, com o primeiro voo ...