pista73.com

conteúdos de aviação comercial

Inicio

Aviação Comercial, África

Cabo Verde – Loftleidir (Icelandic Airlines) adquire 51% dos Transportes Aéreos de Cabo Verde (TACV)

«O governo mencionou em comunicado que a privatização dos TACV, com a venda àquela empresa detida em 70% pela Loftleidir Icelandic EHF e em 30% por empresários islandeses, foi assumida “como uma das prioridades do actual governo da República de Cabo Verde.”
A venda de 51% das acções representativas do capital social da companhia Transportes Aéreos de Cabo Verde (TACV) à Loftleidir Cabo Verde terá lugar sexta-feira, dia 1 de Março, anunciou quarta-feira na Praia o governo cabo-verdiano.
O governo mencionou em comunicado que a privatização dos TACV, com a venda àquela empresa detida em 70% pela Loftleidir Icelandic EHF e em 30% por empresários islandeses, foi assumida “como uma das prioridades do actual governo da República de Cabo Verde.”
O comunicado acrescenta que perante a conhecida situação deficitária da companhia aérea de bandeira há anos e visando colocá-la em boas condições para a sua privatização, “o governo decidiu avançar com um ambicioso programa de reestruturação da empresa em Maio de 2017.”
Em Agosto desse ano “deu-se início a uma parceria entre o Estado de Cabo Verde e o Grupo Icelandair, um grupo com experiência internacional reconhecida e com conhecimentos em matéria de aviação comercial.”
A Loftleidir Icelandic submeteu ao governo de Cabo Verde em 27 de Julho de 2018 uma proposta vinculativa para a aquisição de 51% das acções dos TACV, tendo posteriormente proposto utilizar como veículo de aquisição da referida participação a sua participada, a Loftleider Cabo Verde, algo que mereceu a não objecção do Governo.”
O comunicado adianta que a assinatura do contrato de compra e venda de 51% das acções é “um momento histórico para Cabo Verde, uma vez que assegura a continuidade” da “companhia de bandeira e é, certamente, um importante passo para a materialização da plataforma aérea que terá base na ilha do Sal.»

artigo publicado na página de internet “Macau Hub
(28 Fevereiro 2019)

Artigos relacionados

Mais em África, Aviação Comercial (15º de 532 artigos)

«Cabo Verde vai conseguir desenvolver a sua plataforma aérea internacional em poucos anos, assumindo-se como um ponto de ligação entre quatro continentes, ...