pista73.com

conteúdos de aviação comercial

Inicio

Ground Handling, Aviação Comercial, Ásia e Oceânia

Emirates Group vai implementar alterações funcionais com novas tecnologias

O Emirates Group, que junta os negócios da transportadora aérea Emirates Airways e a Dnata (Dnata Ground Handling Industry), empresa de assistência em escala, revelou hoje os seus planos de por em prática uma iniciativa de transformação em toda a empresa com o objetivo de colocar os dados no cerne da organização, reinventando os processos de negócio usando tecnologia inteligente e baseando as decisões em big data (megadados) e em analítica em tempo real. O objetivo passa por transformar a Emirates e a Dnata em empresas que facultem experiências de viagem com elevadas componentes tecnológicas e centradas nos passageiros.
A estratégia de transformação vai ter como consequência benefícios em cada área de negócio, desde a experiência do consumidor até às funcionalidades de back-office, passando pela componente comercial.
“Muito embora esta iniciativa venha a ter benefícios profundos em todas as unidades de negócio, o nosso objetivo passa por redefinir de forma inteligente a experiência do cliente, desenvolvendo um laço pessoal com cada um dos nossos passageiros numa escala que até hoje nunca se viu na história da indústria de transportes aéreos”, refere Sir Tim Clark, Presidente da Emirates Airline.
“Para que esta realidade seja criada, precisamos de implementar alterações funcionais em toda a companhia, e esta estratégia de transformação vai ajudar a definir os pilares necessários para tal. Estamos a analisar de forma arrojada novas tecnologias e ideias para identificar as oportunidades que elas representam tanto para melhorias incrementais e alterações disruptivas no nosso modelo de negócio. O Big Data, a analítica preditiva, a inteligência artificial, a robótica, o crowd sourcing e o trabalho colaborativo são áreas que consideramos ser necessárias para estabelecer uma arquitetura de contínua inovação e reinvenção”.
Para que possa executar esta transformação, o Emirates Group está a criar uma equipa centralizada de Enterprise Change Management que será liderada por um executivo sénior com o mandato, os recursos e o financiamento necessários para implementar uma mudança estratégica em toda a organização.
“Procuramos competências únicas para liderar esta equipa e a iniciativa vai envolver uma procura global para definir os melhores candidatos”, acrescentou Sir Tim. “Procuramos alguém extremamente orientado para resultados. Deverá ter provas dadas e uma vasta experiência em transformações de larga escala e um crente apaixonado no poder da tecnologia e na forma como ele pode mudar a estratégia do negócio”.

O Emirates Group
O Emirates Group reúne todos os aspetos das viagens e turismo para ser um grupo líder mundial no setor onde opera. Com uma das mais recentes frotas e mais de 500 prémios de excelência em todo o mundo a transportadora aérea Emirates é uma das duas divisões chave do grupo.
A Dnata, responsável pelos serviços de assistência em terra, de carga, viagens, soluções de TI e catering nos voos. Estabelecida em 1959, a dnata é hoje um dos maiores prestadores de serviços combinados do mundo para este mercado, com uma pegada global que engloba quase 40 países.
Alimentadas pela sua força conjunta, as duas divisões evoluíram a um ritmo fenomenal para alicerçar a capacidade do Emirates Group como uma organização de grandes dimensões, oferecendo um portefólio com mais de 50 marcas e com mais de 75.000 colaboradores.

Artigos relacionados

Mais em Ásia e Oceânia, Aviação Comercial, Ground Handling (46º de 811 artigos)

A Emirates com base no Dubai e a Jetstar Pacific com base no Vietname anunciam  um acordo de codeshare, expandindo a parceria existente entre a Emirates e a Jetstar Group. ...