pista73.com

conteúdos de aviação comercial

Inicio

Ground Handling, Aviação Comercial, África

Guiné Equatorial – A Ceiba Intercontinental quer voar para Cabo Verde e São Tomé e Príncipe

guine equatorial malabo (SSG)

«A Ceiba Intercontinental, companhia aérea com sede em Malabo, Guiné Equatorial, pretende começar a voar para a Praia, com escala em São Tomé, capital de São Tomé e Príncipe, anunciou o secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros de Cabo Verde.
José Luís Rocha, que recentemente visitou a Guiné Equatorial, disse tratar-se de uma informação por confirmar e acrescentou que, a concretizar-se, vai facilitar a mobilidade de pessoas e bens entre os dois países, de acordo com o jornal cabo-verdiano A Semana.
A informação é uma consequência do acordo entre os governos de Cabo Verde e da Guiné Equatorial para a exploração de serviços aéreos entre e para além dos respectivos territórios, assinado na Praia no dia 16 de Junho de 2010 e que na quarta-feira foi ratificado por unanimidade no parlamento de Cabo Verde.
Operando actualmente com uma frota de seis aviões, quatro ATR e dois Boeing, a Ceiba Intercontinental, fundada em 2007, fez o seu primeiro voo intercontinental em Outubro de 2012, de Malabo para Madrid, Espanha.
Desde Dezembro desse mesmo ano realiza voos para destinos africanos como Costa do Marfim, Gana, Camarões, Togo, Gana, Benin, mas também para o Brasil, na América do Sul, a partir da sua base localizada no aeroporto internacional Santa Isabel de Malabo.
A Guiné Equatorial está a desenvolver esforços a fim de cumprir o roteiro estabelecido no sentido de normalizar a sua situação política e aderir à Comunidade dos Países de Língua Portuguesa»

artigo publicado na página de internet “Macauhub”
(27 Fevereiro 2014)

Artigos relacionados

Mais em África, Aviação Comercial, Ground Handling (69º de 617 artigos)

A TAP Portugal vai passar a voar regularmente de Lisboa para Lomé -Togo, a partir do dia 17 de Julho, com quatro frequências semanais, fazendo escala no aeroporto de Accra – Gana, ...