pista73.com

conteúdos de aviação comercial

Inicio

Ground Handling, Aviação Comercial, África

Moçambique A LAM compra três Boeing 737-700 Next Generation

A companhia Linhas Aéreas de Moçambique (LAM) encomendou três aeronaves Boeing da família Next-Generation 737-700, cujo custo está calculado em 228 milhões de dólares.
Segundo um comunicado de imprensa da Boeing, a encomenda foi assinada em Novembro do ano passado e faz parte da “estratégia a longo prazo de Moçambique para aumentar a frequência dos voos e de possibilitar uma maior flexibilidade nas rotas para dentro e fora desta nação da África Austral”
A administradora da companhia de bandeira moçambicana, Marlene Manave, é citada como tendo dito que “para prosperar neste ambiente altamente competitivo, a LAM desenvolveu um Plano Estratégico de Negócio profundo que resultou na reestruturação da sua rede para facilitar o seu crescimento e expansão.
“O investimento em Boeings 737-700 de próxima geração vai ajudar Moçambique a permanecer na vanguarda da crescente procura de transporte aéreo na nossa região e permitir a sua expansão para novos mercados”.
Manave identificou o desenvolvimento da indústria de hidrocarbonetos em Moçambique como sendo um dos motores da crescente procura no sector da aviação, e sublinhou que uma forte infraestrutura de aviação “será de um enorme benefício para o povo moçambicano, homens de negócio e indústria de turismo, e vai contribuir substancialmente para o nosso desenvolvimento económico”.
A administradora delegada anunciou, ainda, a contratação de 15 novos pilotos, dos quais seis mulheres, formados e com habilitações reconhecidas na África do Sul e na Etiópia.
Por seu turno, o vice-presidente de vendas da Boeing para o continente africano, Van Rex Gallard, disse que a encomenda “vai permitir a LAM alcançar maior eficiência, melhorar o seu desempenho e o conforto dos passageiros, à medida que a companhia aérea continua a progredir com o seu crescimento ambicioso”.
O Next-Generation 737-700 tem uma capacidade para transportar 126 passageiros sentados em duas classes.

Frota LAM e associada Mozambique Express
A frota da companhia aérea moçambicana é composta actualmente por dois aviões Embraer 190 (94 passageiros), um Boeing 737-500 (116 passageiros), três Bombardier Q400 (74 passageiros) e um Embraer 145 (36 passageiros), além de aviões Embraer turbo-hélice da companhia associada Mozambique Express.

Artigos relacionados

Mais em África, Aviação Comercial, Ground Handling (214º de 581 artigos)

A Qatar Airways anunciou que vai iniciar a partir de 27 de março voos directos entre Doha e Maputo, reforçando as ligações entre Moçambique e o Qatar. ...