pista73.com

conteúdos de aviação comercial

Inicio

Ground Handling, Aviação Comercial, África

Quénia – A Kenya Airways recebe o primeiro Boeing 787-800 Dreamliner

«A Kenya Airways recebeu o seu primeiro Boeing 787-800 Dreamliner em Seattle, nos Estados Unidos, cifrado em um bilião e 900 milhões de dólares americanos, indica um comunicado do Africa Export-Import Bank (Afreximbank) enviado terça-feira à PANA no Cairo (Egito).
A Kenya Airways adquiriu esta aeronave no quadro do início da execução da segunda fase da transação de compra destes aparelhos organizada pelo Afreximbank, lê-se na nota.
Esta fase compreende a entrega duma frota de 10 Boeing, dos quais nove Dreamliner 787-800 e um 777-300, à Kenya Airways no quadro do processo de aquisição de 20 aparelhos para o qual o Afreximbank foi o principal organizador mandatado.
Durante a primeira fase, finda em finais de novembro de 2013, o Afreximbank entregou dez Embraer-190 à transportadora queniana em conformidade com um calendário de entrega que arrancou em agosto de 2012.
O financiamento da entrega dos Boeings, de que Afreximbank é o coordenador geral, compreende uma fase garantida por US-Exim (banco americano) e uma fase comercial.
O banco pan-africano desempenha igualmente o papel de organizador e segurador da fase comercial, enquanto Citigroup Global Markets, Inc e JP Morgan Chase Bank, N.A são os principais organizadores da fase garantida da casa mãe US-Exim.
“O Afreximbank compromete-se a apoiar as transações que alavancam a integração de África. A Kenya Airways posicionou-se como uma companhia aérea de primeiro plano no continente. Estamos convencidos de que esta entrega permitirá reforçar e alargar a sua rede de linhas aéreas e intensificar a conetividade profissional no continente”, acrescentou.
Em maio de 2012, a transportadora queniana delegou o Afreximbank para organizar o financiamento dos 10 Embraer-190 e dos 10 Boeing no quadro dum acordo global que consiste em facilidades de pagamento de pré-entrega para financiar os avanços pagos a Boeing e a Embraer, ambos fabricantes dos aparelhos, bem como as facilidades de entrega.
Esta operação enquadra-se na primeira fase da atualização da frota da Kenya Airways enquanto uma componente chave do seu plano empreendido por um período de 10 anos que se estende de 2012 a 2021.
Sediado no Cairo, o Afreximbank, principal instituição financeira multilateral pan-africana que se consagra ao financiamento e à promoção das trocas intra e extra africanas, já aprovou perto de 30 biliões de dólares de facilidade de crédito para empresas africanas.»

artigo publicado na página de internet “Panpress
(2 Abril 2014)

Artigos relacionados

Mais em África, Aviação Comercial, Ground Handling (215º de 582 artigos)

A Qatar Airways anunciou que vai iniciar a partir de 27 de março voos directos entre Doha e Maputo, reforçando as ligações entre Moçambique e o Qatar. ...