pista73.com

conteúdos de aviação comercial

Inicio

Aviação Comercial, América do Norte

United Airlines poderá despedir a 1 de outubro cerca de 36 mil funcionários

Os cortes decididos pela companhia, que contava 95.200 trabalhadores em 31 de março, irão abranger o pessoal de assistência em terra, a manutenção e as tripulações.

As companhias aéreas americanas estão proibidas de despedir até 1 de outubro,
“Após meses de reduções de custos agressivas e aumentos significativos de capital, tivemos que discutir hoje com os funcionários um assunto que sempre considerámos como um último recurso: despedimentos”, escreveu a empresa num documento citado pela AFP.
“Apesar de a procura no transporte aéreo ter aumentado ligeiramente desde abril, a nossa atividade pode vir a registar em julho uma queda de 75% em relação ao ano passado e prevemos que essa descida seja de 65% em agosto”, segundo a empresa.
A United Airlines considera que, tendo em conta o recente aumento de casos de covid-19 (nos Estados Unidos), é “cada vez mais provável que a procura de bilhetes só regresse ao normal quando houver um tratamento ou uma vacina que estejam largamente disponíveis”.
“A realidade é que a United não pode simplesmente continuar com o número atual de trabalhadores após 01 de outubro, num ambiente em que a procura é tão reduzida”, refere ainda.

A gut punch’: United Airlines to lay off up to 36,000 U.S. employees in October as travel remains depressed

Artigos relacionados

Mais em América do Norte, Aviação Comercial (244º de 552 artigos)

«O “The Independent” noticia que estão a aumentar os receios de que as maiores companhias de aviação comercial estejam a ser alvo de uma campanha organizada e prolongada de ciberataques, ...