pista73.com

conteúdos de aviação comercial

Inicio

Europa, Cockpit

Piloto de Linha Aérea (ATPL) – A Global Flight School (GFS) com cursos de formação em maio e setembro de 2022

A Global Flight School (GFS), escola de aviação de assinatura portuguesa, lança nova fase de candidaturas para o curso de Piloto de Linha Aérea (ATPL). A formação será composta por duas fases: a componente teórica, a ser lecionada em Lisboa, e as aulas práticas, a acontecerem no aeródromo de Ponte de Sor.

O início deste curso está marcado para o mês de maio, com uma segunda turma a começar em setembro deste ano. Dada a intensidade e o grau de responsabilidade que pilotar um avião de passageiros acarreta, haverá lugar a um teste de admissão para aferir se os candidatos possuem as capacidades e habilidades básicas necessárias.
Quem iniciar o novo curso em maio ou setembro estará em condições de entrar no sector da aviação, no qual as expectativas salariais podem chegar aos 100 mil euros anuais com a progressão de carreira. Este curso permite aos alunos, num período de 20 a 22 meses, estarem aptos a voar num cockpit de uma companhia aérea. Está previsto um crescimento de 4% ao ano no setor da aviação comercial, num contexto em que se espera uma retoma após a pandemia. Há previsões de que, em 2030, existam cerca de 225.000 novos pilotos de linha aérea, com uma frota global a atingir as 39.000 aeronaves.
Os cursos de Piloto de Linha Aérea (ATPL), que agora abrem e que se integram no portefólio da escola, podem ser frequentados em quatro modalidades distintas: o ATPL Modular, o ATPL Blue, o ATPL Red e o ATPL Plus. Estas novas opções formativas surgem com custos mais acessíveis, valores que variam entre os 54 e os 85 mil euros e a possibilidade de financiamento até 100%. Através dos cursos, a GFS pretende formar turmas que nunca excedem os 25 alunos, de forma a garantir um acompanhamento personalizado por instrutores de elite.
“Optar pela profissão de piloto é uma oportunidade de carreira viável e potencialmente lucrativa, podendo ser uma alternativa para muitos jovens que fazem agora a escolha do seu percurso profissional. O nosso objetivo é formar profissionais de referência e colocá-los a voar, através de uma formação aeronáutica criada por uma equipa de pilotos com vasta e sólida experiência” afirma Nélio Fidalgo, presidente do Conselho de Administração da GFS.

Artigos relacionados

Mais em Cockpit, Europa (31º de 855 artigos)

A Global Flight School tem como objetivo formar profissionais de referência e colocá-los a voar através de uma formação aeronáutica criada por uma equipa de pilotos com vasta e sólida experiência. ...