pista73.com

conteúdos de aviação comercial

Inicio

Curiosidades

Aviação e arte – Pintor Neves e Sousa

Pintor Neves e Sousa recordado no Estoril
nw-Neves e Sousa

«O pintor angolano Albano Neves de Sousa vai ser homenageado de 16 de Abril a 11 de Maio no Casino Estoril, Lisboa, com uma exposição denominada “Artista de Angola”. O artista plástico angolano António Magina, que também foi convidado a participar na exposição, explicou que a galeria promove artistas dos países africanos de expressão portuguesa.O pintor revelou que vão estar presentes nesta mostra José Andrade (Zan), Amílcar Vaz de Carvalho, Aníbal Álvares da Silva, Dília Franguito Samath, Edgardo Xavier, João Inglês, Vítor Teixeira (Viteix), Arlete Marques, Dora Iva Rita, António Magina, Domingos Laurindo, Filomena Coquenão, Maria Antónia Neuparth, Vítor Ramalho e Zizi Ferreira.
António Magina disse que Albano Neves e Sousa passou a sua vida a pintar Angola e os seus riquíssimos temas. O Casino Estoril pretende com esta iniciativa constituir um incentivo de união para os artistas angolanos. As obras de Neves e Sousa estão representados nos Museus dos Açores, Caramulo, Fundação Calouste Gulbenkian (Lisboa), Arte Contemporânea (Lisboa), Soares dos Reis (Porto), de Angola, de Ovar, de Maputo, (Moçambique), de Pontevedra, (Espanha), de Arte da Universidade do Ceará, Fortaleza, (Brasil) e em diversas colecções particulares.
Neves e Sousa nasceu em 15 de Janeiro de 1921 em Matosinhos. Fez o curso liceal em Luanda. Em 1975, fixou-se em S. Salvado da Baía, onde faleceu, em 11 de Maio de 1995. As suas primeiras exposições foram em Angola, em 1936, na província do Bié, no município de Andulo, e um ano depois, em 1937, inaugurou em Luanda uma exposição com o apoio do jornal “A Província de Angola”, hoje Jornal de Angola. Neves e Sousa integrou a Missão de Estudos Etnográficos do Museu de Angola onde trabalhou na recolha de elementos de etnografia e pintura, na Quissama, Dondo, Moxico e Dembos.
No ano de 1943, Neves e Sousa obteve uma bolsa de estudos da Câmara Municipal de Luanda. Fez o curso superior da Escola de Belas Artes do Porto (Portugal), onde ganhou os prémios “José Meireles Jr.”, “Centenário Soares dos Reis”, “Três Artes”, “Rodrigo Soares”, “Rotary Club do Porto 1950” e “Rotary Club do Porto 1951”.
Participou no Grupo dos Independentes do Porto, de cujo núcleo fez parte nos anos de 1944 a 1950 tendo organizado, com Fernando Lanhas, a primeira exposição de arte infantil no Porto, na Galeria Portugália, em1949. “Pintor de Angola” defendeu sua tese em 1952 e regressou a Angola, passando a viver em Luanda. Recebeu vários prémios nacionais e internacionais. Participou em exposições, além de Angola, na África do Sul, Angola, Bélgica, Brasil, Espanha, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Venezuela. Fez igualmente viagens e estudos culturais no Brasil, Espanha, Estados Unidos, França, Inglaterra e Itália. O aeroporto 4 de Fevereiro tem um mural de sua autoria. No átrio do edifício do Ministério das Relações Exteriores, antigo Palácio do Comércio, existe uma das suas obras mais representativas. No Hotel Universo, em Luanda, existem várias obras da série “Rebita”. Em 1975, foi aos Estados Unidos decorar os interiores dos aviões da TAAG.»

Mário Cohen, artigo publicado no “Jornal de Angola”
(7 Abril 2011)

 

Artigos relacionados

Mais em Curiosidades (97º de 97 artigos)

«A empresa brasileira Andrade Gutierrez Engenharia informou ter obtido um contracto de 82 milhões de dólares para a conclusão das obras de recuperação, expansão e modernização da pista do ...