pista73.com

conteúdos de aviação comercial

Inicio

Curiosidades

DHL transportou tigres raros para Londres

«A DHL transportou dois tigres da Sumatra, um dos EUA e outro da Austrália, para o Zoo de Londres, no âmbito de um programa internacional de preservação da espécie.
Existindo, atualmente, menos de 300 tigres da Sumatra em estado selvagem, o ZSL London Zoo pretende criar os tigres no âmbito de um amplo programa de apoio à sua conservação. A DHL Express ficou responsável pelo transporte dos dois tigres: Melati, um tigre fêmea de Perth Zoo, na Austrália e Jae-Jae, um tigre macho de Akron Zoo Ohio, Estados Unidos. Tendo em conta o comportamento selvagem dos tigres e os seus rituais de acasalamento, o tigre fêmea chegou primeiro ao jardim zoológico para marcar o seu território e, duas semanas depois foi-lhe apresentado o tigre macho.
Para garantir a segurança e bem-estar dos tigres a bordo, foram criadas condições de transporte específicas, com câmaras de infravermelhos, equacionado espaço para os mantimentos e reconfigurada a rede global da DHL para garantir que a viagem dos tigres fosse feita em menos de 24 horas. Para acompanhar os passageiros VIP seguiu a bordo um tratador do ZSL London Zoo.
Phil Couchman, CEO da DHL Express UK & Ireland comentou: “Esta é uma causa extremamente desafiante e uma grande operação de logística para a DHL – a nossa prioridade, durante toda a operação, tem sido a segurança e o bem estar dos tigres. Ao trabalhar em estreita colaboração com o ZSL London Zoo na preparação da mudança e para garantir a viagem o mais suave possível para os tigres, estabelecemos desde cedo que, se um dos tigres estivesse em trânsito por mais de 24 horas, teríamos de fazer uma paragem, antes do destino. Assim, no caso de Jae-Jae, fizemos alguns ajustes às nossas operações globais de voo para garantir a sua chegada a London Heathrow no prazo de 24 horas. O que significou que a totalidade da rede da DHL esteve a trabalhar em torno das necessidades deste passageiro VIP.”
“A nossa equipa dedicada aos tigres, que inclui o staff operacional da DHL, de engenheiros aeronáuticos a manipuladores de carga, as equipas de segurança, pilotos e motoristas, têm feito um excelente trabalho para garantir o sucesso deste projeto. Estamos muito satisfeitos por temos ajudado o Jae-Jae e a Melati e esperamos que eles possam desfrutar da sua nova casa.”»

artigo publicado na revista “Cargo Edições”

Artigos relacionados

Mais em Curiosidades (97º de 97 artigos)

«A DHL e a Elbe Flugzeugwerke (EFW) assinaram um contrato para a conversão do Airbus A330-300 de passageiros em cargueiro. Segundo o acordo, a EFW irá converter 4 aeronaves Airbus A330-300 de ...