pista73.com

conteúdos de aviação comercial

Inicio

Ground Handling, Ásia e Oceânia, África

A Emirates com 28 voos semanais para a África do Sul

A Emirates anunciou a expansão da sua operação em voos de e para a África do Sul com 28 frequências semanais até outubro, o maior aumento de voos para a África do Sul desde o início da pandemia

e tem como objetivo proporcionar opções mais competitivas para os passageiros que desejam visitar o Dubai ou fazer escala na cidade e conectar-se aos os mais de 120 destinos que compõem a rede Emirates. O aumento da operação vai passar a disponibilizar dois voos diários para Joanesburgo, sendo que um desses voos será operado com o Airbus A380 da Emirates. Para além disso, iniciam-se também novos voos diários para a Cidade do Cabo e Durban. As novas frequências e o aumento da capacidade em todas as cidades servidas pela companhia aérea na África do Sul entrarão ainda em vigor a partir de 31 de outubro de 2021.
A partir de 1 de janeiro de 2022, ambos os voos diários da Emirates para Joanesburgo serão realizados com o A380. O gigante dos céus já conhecido da companhia aérea e favorito dos passageiros vai garantir a melhor experiência possível a bordo nesta rota, através de recursos exclusivos como suítes privativas na Primeira Classe, com acesso a um luxuoso chuveiro e Spa e o já popular loungebar a bordo, mas também assentos espaçosos nas cabines das Classes Económica e Económica Premium, que apresenta ecrãs maiores e confortáveis para que os passageiros desfrutem dos mais de 4.500 canais de entretenimento disponíveis no sistema ICE.
Com a retoma das operações da South African Airways (SAA) a 23 de setembro, a Emirates renova a sua parceria estratégica e de cooperação com a companhia aérea de bandeira do país. A parceria entre a Emirates e a SAA data de 1997 e é o primeiro acordo de codeshare da Emirates com outra operadora. Antes da pandemia, a parceria assegurava uma rede de 110 destinos complementares, horários otimizados com maior conectividade para os passageiros, bem como transferências de bagagem e benefícios para passageiros frequentes. Desde o início desta mesma parceria, cerca de 370.000 passageiros já beneficiaram dos benefícios aplicáveis. Pensando no passageiro em primeiro lugar, estão ainda a ser desenvolvidos planos para expandir a capacidade de reservar voos de conexão em ambas as operadoras num determinado itinerário.
Com a retoma da parceria com a SAA, a Emirates reforça a sua presença na África do Sul para um total de quatro parcerias interline e codeshare, incluindo Airlink, Cemair e FlySafair – aumentando o mapa de rotas da companhia aérea com 79 cidades adicionais em codeshare e interline, oferecendo a seus passageiros mais voos e maior acesso aos destinos regionais – e uma melhor experiência ao viajar.

 

Artigos relacionados

Mais em África, Ásia e Oceânia, Ground Handling (18º de 902 artigos)

A Emirates e a Airlink anunciaram a expansão da sua parceria através de um acordo de codeshare, permitindo aos passageiros que viajam de e para a África do Sul, acesso conveniente a mais de 40 destinos ...