pista73.com

conteúdos de aviação comercial

Inicio

Ground Handling, Ásia e Oceânia

A Emirates eleita a companhia aérea do ano 2020

A Emirates foi eleita a companhia aérea do ano 2020 no Aviation Business Awards. A companhia foi reconhecida pela sua resiliência, agilidade e inovação face à pandemia,

tendo muitas vezes liderado o sector com as suas iniciativas para aumentar a confiança e o conforto dos passageiros. Atualmente, a companhia aérea voa para 99 destinos por todo o mundo, número que representa cerca de 70% da sua rede de passageiros antes da pandemia.
A empresa foi saudada pela sua abordagem focada nos passageiros, otimizando a utilização da sua frota para gerar receita, encontrando um equilíbrio entre os imperativos de negócios com novos protocolos de saúde, enquanto manteve a experiência do passageiro líder do sector. Já Tim Clark, CEO da empresa, foi homenageado com o Lifetime Achievement Award, prémio que reconheceu o seu contributo para a indústria da aviação.
Desde o início da pandemia, a Emirates, lembrou, adotou «várias medidas para proteger a saúde e a segurança dos seus passageiros e tripulantes, e foi uma das primeiras companhias aéreas a redesenhar a experiência dos passageiros e implementar medidas exigentes de biossegurança em todos os pontos de contacto». As medidas incluem kits de higiene gratuitos para todos os passageiros, tripulação dedicada em manter a limpeza a bordo, telas de proteção nos balcões de check-in, medição de temperatura e marcadores de distanciamento social no aeroporto, EPI (Equipamento de Proteção Individual) para os funcionários na linha da frente, protocolos rigorosos de limpeza e desinfeção de aviões, e muito mais.
No terreno, a Emirates lançou quiosques de self check-in e entrega de bagagem no aeroporto DXB, com o objetivo de reduzir o contacto pessoal. Lançou ainda o primeiro protocolo de biometria do mundo, oferecendo aos passageiros uma experiência ágil nos quatro principais pontos de controlo no aeroporto. De acordo com o Safe Travel Barometer, o cumprimento consistente de medidas de segurança e padrões de higiene, mantendo «altos níveis de serviço», resultou na classificação da Emirates como a companhia aérea mais segura do mundo em resposta à pandemia COVID-19.

Emirates Skycargo expandiu conectividade e rede de carga aérea
A transportadora aérea revelou-se pioneira no sector da aviação civil na oferta de cobertura médica para a COVID-19 para passageiros que viajam para qualquer destino da sua rede. No final do ano, a Emirates esteve um passo à frente ao oferecer o primeiro seguro multirriscos para viagens do sector e a cobertura COVID-19, que entraram em vigor dia 1 de Dezembro. A companhia aérea encontra-se também a dar uso a todos os Boeing 777 com capacidade para 151 pessoas para missões de transporte de passageiros e carga. Durante a pandemia, vincou a empresa, a Emirates Skycargo (divisão de carga) «aumentou a sua conectividade e rede de carga aérea como resposta à forte procura global por transporte de abastecimentos essenciais, medicamentos e EPI, alimentos frescos, entre outros tipos de carga»

Artigos relacionados

Mais em Ásia e Oceânia, Ground Handling (32º de 807 artigos)

Dia 16 de março de 2020, terça-feira, quatro dias após a COVID-19 ter sido declarada uma pandemia pela Organização Mundial da Saúde (OMS), o voo EK 2503 – Boeing 777-300ER – da Emirates descolou do ...