pista73.com

conteúdos de aviação comercial

Inicio

Ground Handling, Ásia e Oceânia

A Emirates recebeu o centésimo décimo sexto Airbus A380 – A6-EVL

A Emirates recebeu o A6-EVL, o 116º Airbus A380, como o primeiro de três novos A380 a juntar-se à frota em 2020. O avião chegou ao Dubai na madrugada de sábado, movido por uma mistura de combustível de aviação convencional e combustível de aviação sustentável.
A Emirates programou receber os outros dois aviões no final deste mês, um dos quais terá o tão aguardado produto Premium Economy. Desde a sua integração na frota da Emirates há 12 anos, o A380 tem sido um ícone da companhia aérea e o preferido do público, cativando a imaginação dos passageiros ao oferecer uma experiência de viagem única. De características únicas como o Onboard Lounge e o Shower Spa, continuam a ser faladas em todo o mundo.
Sir Tim Clark, Presidente da Emirates Airline afirmou: “O A380 tem sido uma história de sucesso para a Emirates, e isso refletiu-se no forte interesse por parte dos passageiros onde quer que tenhamos colocado este avião no decorrer dos últimos anos. O A380 ajudou-nos a responder eficientemente à procura dos passageiros em aeroportos com restrições de slots, apoiando as nossas operações centrais de longa distância. Com a amplitude e tecnologia deste avião, foi-nos possível introduzir novos conceitos que melhoraram a experiência a bordo. Estamos entusiasmados por apresentar a nossa experiência Premium Economy, que fará a sua estreia num A380 nos próximos meses, e continuaremos a investir na experiência do A380. O A380 continuará a ser a nossa flagship durante a próxima década, e reimplantá-lo-emos em mais rotas à medida que a procura por viagens retomar.”
O A380 voa atualmente para Cairo, Amã, Paris, Londres, Guangzhou, Manchester e Moscovo e, recentemente, os serviços foram aumentados para quatro A380s voos diários em Heathrow (Londres) e voos diários para Moscovo. O decker de dois andares tem também demonstrado a sua versatilidade ao ser utilizado como um ‘mini-freighter’ em operações de envio de carga urgente em toda a rede da Emirates.
O voo do mais novo membro da frota da Emirates foi movido por uma mistura de combustível de aviação convencional e combustível de aviação sustentável (SAF) Esta é a primeira vez que a companhia aérea usa combustível de aviação sustentável para mover um A380. O biocombustível usado para o voo foi produzido a partir de óleo de cozinha usado na Finlândia.
Sir Tim refere ainda, o compromisso da companhia aérea em reduzir o seu impacto ambiental: “A sustentabilidade continua muito presente na agenda na Emirates. Estamos a acompanhar de perto o desenvolvimento do combustível sustentável para a aviação e esperamos por tempos em que possa ser produzido em escala e de maneira competitiva em termos de custos. O nosso último voo do A380 foi parcialmente movido por combustível de aviação sustentável e este é um passo positivo para reduzir as nossas emissões. ” A Emirates continua a apoiar iniciativas que contribuem para o desenvolvimento da indústria SAF e uma maior implementação de biocombustíveis. A companhia aérea faz parte do Steering Committee of the Clean Skies for Tomorrow, criada pelo Fórum Económico Mundial para promover o desenvolvimento da SAF. A Emirates também apoiou uma série de webinars sobre o futuro da SAF nos Emirados Árabes Unidos, realizados pela Universidade Khalifa. Atualmente, um terço dos autocarros de transporte de tripulação da Emirates no Dubai são movidos a biocombustíveis, com uma das suas principais empresas contratadas de transporte de autocarros de tripulação, Al Wegdaniyah, adotando biocombustível fornecido pela Neutral Fuels.

Artigos relacionados

Mais em Ásia e Oceânia, Ground Handling (786º de 786 artigos)

A Emirates anunciou que retomará o serviço do A380 para o Aeroporto Domodedovo de Moscovo (DME) ...