pista73.com

conteúdos de aviação comercial

Inicio

Ground Handling, Europa

A Groundforce Portugal, empresa de assistência em escala, fecha 2017 com lucro

A Groundforce, empresa de handling detida pelos grupos TAP e Urbanos, registou no ano passado um resultado líquido de 8,7 milhões de euros, valor que “marca o virar de página”, disse o CEO da empresa, Paulo Neto Leite.
Paulo Neto Leite adiantou que, pelo exercício de 2017, a empresa vai distribuir quase 1,1 milhões de euros em prémios aos trabalhadores.
Para 2018, o CEO da Groundforce espera continuar a crescer. As estimativas são para um aumento de 12,9% das vendas para 137 milhões de euros e de 19,4% do EBITDA para 10,2 milhões. Também o número de colaboradores, actualmente na ordem dos 2.800, irá crescer para 3.127.
O investimento, por seu lado, vai atingir este ano 6,6 milhões de euros, dos quais a maioria (4,7 milhões) em equipamento.
O responsável salientou ainda, entre os factos relevantes de 2017, a conquista das licenças de actividade para passageiros, bagagens e operações em pista em Lisboa, Porto e Faro para os próximos sete anos, assim como a renegociação do Acordo de Revisão Salarial até 2019, que abrange 87% dos trabalhadores.

Maria João Babo , adaptação do texto publicado na página de internet “Negócios
(8 Maio 2018)

 

Artigos relacionados

Mais em Europa, Ground Handling (40º de 703 artigos)

A empresa de assistência em escala, Groundforce Portugal, garantiu 79% das vendas conseguidas no ano passado nas operações do aeroporto Humberto Delgado (Lisboa), cerca de 98 milhões ...