pista73.com

conteúdos de aviação comercial

Inicio

Ground Handling, Europa

Aeroporto de Beja não substitui o de Lisboa, mas “tem de ser aproveitado”

«O aeroporto de Beja “tem de ser aproveitado” pois o país não pode dar-se ao luxo de ter um equipamento do género “sem o valorizar e sem o pôr ao serviço do desenvolvimento, em primeiro lugar, do Alentejo e do país”, afirmou Ana Abrunhosa em entrevista ao Negócios e à Antena1. No entanto, e numa altura em que se continua a discutir a localização de um novo aeroporto em Lisboa, a ministra da Coesão Territorial assegura que a infraestrutura de Beja não poderá substituir o necessário aeroporto para a capital do país.
“Não me parece que o aeroporto de Beja possa substituir um aeroporto nacional. Não concordo com isso. O que precisamos é de ter um bom aeroporto nacional. O aeroporto de Beja nunca deixará de ser um aeroporto regional. E não perde importância por isso”, sustentou em declarações ao programa Conversa Capital.
Ana Abrunhosa voltou a insistir na importância de pôr ao serviço da população o aeroporto de Beja, contudo quanto à viabilidade do mesmo, em especial no que concerne ao tráfego de passageiros, admite que isso deveria ter sido “pensado” e “planeado” antes de se avançar com o projeto.
“Concretizem-se de uma vez essas promessas no contexto do aeroporto de Beja. São dinheiros dos nossos impostos num aeroporto que não está a ser aproveitado. O que eu defendo é que enquanto país, enquanto cidadã e enquanto governante, temos de valorizar este equipamento e colocá-lo ao serviço da região”, acrescentou.»

Artigos relacionados

Mais em Europa, Ground Handling (150º de 978 artigos)

Depois do Sporting, que aterrou esta quinta-feira no Terminal Civil Aeronáutico de Beja (TCBeja), será a vez do Campeão Nacional fazer o regresso ao país pelo Alentejo, ...