pista73.com

conteúdos de aviação comercial

Inicio

Ground Handling, Europa

Aeroporto de Schiphol em Amesterdão (AMS) – falta de pessoal do Handling reduz movimento aéreo

A opção do aeroporto, de prolongar pelo menos até março de 2023, vem na sequência de um verão absolutamente caótico, onde os passageiros enfrentaram o caos, com centenas de voos cancelados, sobretudo pela falta de funcionários e agentes de segurança que pudessem escoar os passageiros em tempo útil.
A decisão foi anunciada em setembro e desenhava uma estratégia simples para reduzir, em cerca de 20 por cento, o número diário de passageiros que passam por Schiphol, nos Países Baixos. A medida deveria durar apenas até ao final de outubro, mas acaba de ser anunciado que se irá prolongar pelo menos até março de 2023.
“A decisão é, acima de tudo, má para passageiros e para companhias aéreas”, reconhece Hanne Buis, um dos responsáveis pelo aeroporto. “No entanto, a decisão é necessária e tem em vista a segurança de passageiros e trabalhadores.” O aeroporto reduziu assim o número diário de passageiros em cerca de 18 por cento, mais de nove mil pessoas por dia. O novo limite diário está fixado nos 54 mil passageiros por dia.

Artigos relacionados

Mais em Europa, Ground Handling (57º de 1216 artigos)

«Em março de 2022, passaram pelos aeroportos nacionais 3,6 milhões de passageiros, número que está 725,2% acima dos valores de 2021 e 16,1% abaixo dos dados de 2019, ainda antes do início da ...