pista73.com

conteúdos de aviação comercial

Inicio

Ground Handling, Europa

Aeroporto do Porto – aumento de movimentos aterragens/descolagens com o fim de obras

A ANA Aeroportos de Portugal anunciou a conclusão da ampliação do taxiway no aeroporto do Porto, acrescentando 1.300 metros ao caminho de circulação paralelo à pista,

num investimento que rondou os 31 milhões de euros.
Em comunicado, a ANA, que é detida pela VINCI Airports, diz que “foram concluídas, no final de outubro, as obras de renovação e ampliação do caminho de circulação F (Fox) no Aeroporto Francisco Sá Carneiro, no Porto.
“Acrescentando 1.300m ao caminho de circulação paralelo à pista, incluindo um desvio que permitirá uma melhor sequência de descolagens e uma saída rápida da pista (RET) de 300m”, refere a ANA, dando conta de que durante as obras “foram reabilitados 600m do taxiway e instalada nova sinalização operacional, utilizando mais de 200 km de cabos elétricos”.
“Este investimento, de cerca de 31 milhões de euros, da ANA/VINCI Airports, representa uma melhoria operacional fundamental, com impacto positivo imediato para as companhias aéreas e passageiros. Este novo caminho de circulação de aeronaves irá melhorar a eficiência e a capacidade do aeroporto do Porto e consequentemente reforçar a sua importância na região e no país como catalisador do desenvolvimento económico”, explica a empresa.

Norvia
Lote 1 – Construção civil:
Ampliação do caminho de circulação F até aos 2.565m da pista 17-35, incluindo a construção de um By-Pass e de uma saída rápida de pista (RET);
Prolongamento do atual túnel da Rua da Fábrica sob a Pista 17-35 em 91,30m, com características transversais e longitudinais idênticas ao túnel existente, garantindo-se assim um percurso pedonal ao longo de toda a sua extensão.
Lote 2 – Sinalização luminosa:
O projeto do Lote 2 tem por objetivo dotar os novos caminhos de circulação de todas as ajudas visuais recomendadas no CS-ADR-DSN da EASA, incluindo ainda todos os equipamentos auxiliares de proteção contra incursões à pista e gestão da circulação no solo de aeronaves. As ajudas visuais e equipamentos auxiliares serão ainda complementadas com os respetivos sistemas de comando e controlo.

Artigos relacionados

Mais em Europa, Ground Handling (263º de 1125 artigos)

A ANA — Aeroportos de Portugal, gestora dos aeroportos portugueses, vai iniciar no Aeroporto Humberto Delgado em janeiro de 2020, as obras para a criação de duas saídas rápidas de pista, ...