pista73.com

conteúdos de aviação comercial

Inicio

Ground Handling, África

Aeroporto Internacional de Luanda (4 de Fevereiro) – A DNATA como gestora de assistência em escala

«O Ministério dos Transportes de Angola, o Escritório Privado do Sheikh Ahmed Dalmook Al Maktoum do Emirados Árabes Unidos e a Associação Nacional de Transporte Aéreo de Dubai (DNATA) assinaram, em Luanda, um memorando de intenções, para cooperarem na promoção e realização de serviços aeronáuticos.

O memorando de cooperação, que entra em vigor na data de sua assinatura, foi rubricado pelo titular dos transportes, Ricardo D’Abreu e pelo Sheikh Ahmed Dalmook Al Maktoum dos Emirados Árabes Unidos e a DNATA (Dubai National Air Transport Association).
O instrumento jurídico terá a duração de três anos, podendo ser prorrogado após avaliação da sua implementação pelas partes, caso seja necessário.
A cooperação vai centrar-se no domínio aeroportuário, numa fase inicial no Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, e visa a materialização das orientações do Executivo emanadas no Plano de Desenvolvimento Nacional 2018-2022.
Segundo um documento a que a Angop teve acesso, o memorando tem por objectivo estabelecer as regras e os compromissos da cooperação entre as partes, de acordo com as suas atribuições e bases para negociação dos termos de um relacionamento estratégico pelo qual o consórcio prestará exclusivamente serviços aeroportuários no Aeroporto Internacional de Luanda (4 de Fevereiro), nas áreas de assistência em terra, movimentação de carga, catering a bordo, serviços meet & greet, lounge, serviços de segurança, duty free, lojas de alimentos e bebidas, designados como projecto, constam igualmente do memorando de intenções.
O Escritório Privado do Sheikh Ahmed Dalmook Al Maktoum Emirados Árabes Unidos está comprometido com o estabelecimento de uma parceria estratégica com o Ministério dos Transportes, através de um Memorando de Entendimento assinado a 08 de Dezembro de 2019, para recuperar e modernizar o Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro.
O Escritório privado do Sheikh comprometeu-se em encontrar o parceiro ideal para os serviços de assistência em terra.
A DNATA é o prestador de serviços aeroportuários dos Emirados que fornece serviços de assistência em terra, carga, viagens e serviços de catering para voos em vários países e continentes, sendo uma das maiores empresas do mundo neste ramo.
O memorando assinado visa criar condições favoráveis para uma maior e melhor operacionalidade dos serviços no Aeroporto Internacional de Luanda e noutros aeroportos principais nacionais, por via de uma joint-venture a estabelecer com a SGA – Sociedade Gestora de Aeroportos, SA, permitindo o crescimento do sector da aviação civil e o desenvolvimento da economia nacional.
Fundada em 1959 no Dubai, a DNATA é um dos maiores prestadores de serviços aéreos do mundo, que oferece assistência em terra, restauração a bordo, carga e viagens em 5 continentes e oferece ground handling em 77 aeroportos, Serviços de Carga em 46 aeroportos e serviços de catering em 62 aeroportos.»

Artigos relacionados

Mais em África, Ground Handling (9º de 701 artigos)

A rede africana da Emirates será elevada a 15 destinos com o reinício dos voos para Luanda, Angola, a partir de 1 de outubro. A companhia aérea continua a restabelecer a sua rede de forma gradual e segura, ...