pista73.com

conteúdos de aviação comercial

Inicio

Ground Handling, Europa

Assistência em Escala – “Tudo isto é uma nova realidade” nunca chegaram tantos passageiros de avião a Lisboa

No domingo (12/06), dia em que a zona de chegadas do aeroporto de Lisboa registou filas de espera de mais de três horas, a responsável indica que “foram controlados ao longo de todo o dia cerca de 26 mil passageiros”,

 mesmo com várias posições do SEF por ocupar.
“Hoje, domingo, entre as 05:00 e as 14:00, foram controlados mais de 11 mil passageiros, durante este período as posições estiveram completas, e ainda assim resultou uma espera de duas horas”, acrescenta aos jornalistas. Para responder a este pico de passageiros, o SEF está a preparar um plano de contingência, que, de acordo com a inspetora, “atingirá o seu pleno no dia 4 de julho, data em que estará completo o reforço de 102 elementos no aeroporto de Lisboa, 49 no Porto e 45 em Faro” Questionada sobre se este reforço de operacionais será suficiente para dar resposta ao aumento de passageiros, Ana Vieira respondeu que este plano terá de ser “adequado à realidade”, isto é, consoante o número de passageiros que chegam a Lisboa. Demoras “acentuadas” este domingo em Lisboa
Cerca de uma hora antes, o SEF já tinha esclarecido, em comunicado, que no domingo ocorreu no aeroporto de Lisboa um pico de passageiros, incluindo cerca de 3.000 provenientes de voos a controlar pelos agentes de fronteiras, o que provocou “demoras acentuadas”. No texto, o SEF adianta que na manhã de domingo “não foi possível ao serviço preencher, temporariamente, as posições adequadas ao elevado fluxo de passageiros”, tendo sido “necessário reforçar a segunda linha com inspetores, em detrimento dessas posições, face ao muito elevado número de passageiros intercetados no controlo da primeira linha e que aguardavam entrevista para elaboração de relatórios de ocorrência e decisão sobre a entrada ou a recusa no país” Segundo o SEF, a situação “acabou por ficar regularizada só a meio da tarde”.
O SEF assinala porém que “no âmbito da monitorização permanente do Plano de Contingência para o Verão IATA, nos aeroportos de Faro e do Porto, também sujeitos a grande pressão, face ao numero de passageiros controlados, não foram registados quaisquer constrangimentos”.
Diz o SEF que em apenas dois dias – sábado e domingo – foram controlados nas fronteiras aéreas mais de 100 mil pessoas, designadamente cerca de 50 mil em Lisboa, 36 mil em Faro e 10 mil no Porto.
“Neste fim de semana, e só no aeroporto de Lisboa, verificaram-se três detenções por uso de documento fraudulento, sete recusas de entrada, quatro pedidos de asilo na fronteira e o controlo de 16 passageiros em trânsito com recusa de entrada noutros aeroportos (designadamente Cancun)”, precisa o SEF. O SEF recorda que o Plano de Contingência para os aeroportos portugueses – também implementado em anos anteriores – iniciou-se a 2 de junho e estará a funcionar em pleno só a partir de 4 de julho, altura em que o reforço de 238 efetivos do SEF e da PSP ficará completo, totalizando 529 elementos.

Artigos relacionados

Mais em Europa, Ground Handling (415º de 1213 artigos)

Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, está a trabalhar no reforço de meios na segurança, processamento de bagagens e automatização ...