pista73.com

conteúdos de aviação comercial

Inicio

Ground Handling, Europa

Paris – Inquérito em marcha ao acidente do voo MS804 da EgyptAir

Pessoal de terra sob investigação

O principal aeroporto de Paris, Aeroporto Charles de Gaulle, é o segundo mais frequentado da Europa. Passam diariamente por aquela infraestrutura cerca de 180 mil passageiros. Ou seja, mais de 65 milhões de pessoas por ano. O aeroporto dá emprego a 86 mil pessoas.
O voo MS804, da EgyptAir, partiu de França, com 66 pessoas a bordo de um país há meses consecutivos em estado de emergência e que assim permanecerá, pelo menos, até ao fim do Euro 2016 e da Volta a França em Bicicleta
Perante o desastre, as autoridades francesas iniciaram de imediato um inquérito.

Inquérito em marcha
A investigação teve início logo na quinta-feira. Perante as notícias do desaparecimento do Airbus A320 que efetuava a ligação entre a capital francesa e o Cairo, a Procuradoria de Paris anunciou a abertura de um inquérito. Um processo regular, uma vez que o avião em causa partiu do Aeroporto Charles de Gaulle e há franceses entre as vítimas.
Entretanto, a imprensa francesa avança que já estão a ser investigados o pessoal de terra bem como a lista de passageiros do voo MS804. As autoridades francesas tentam encontrar eventuais falhas de segurança ou até mesmo potenciais associações entre trabalhadores do aeroporto e o desastre.

Percursos do A320
O voo MS804 da EgyptAir realizava o quinto percurso. O aparelho, produzido em 2003, tinha começado o primeiro voo entre Asmara, capital da Eritreia, e o Cairo. Seguiu-se uma viagem de ida e volta entre a capital egípcia e Tunes. Só depois o avião partiu do Cairo com destino a Paris. Desapareceu durante a madrugada de quinta-feira, quando regressava à capital egípcia.

Artigos relacionados

Mais em Europa, Ground Handling (76º de 560 artigos)

«O aeroporto Charles de Gaulle, em Paris, está a testar software de reconhecimento facial para agilizar a passagem dos passageiros pela imigração depois dos ataques terroristas no país terem atrasado ...