pista73.com

conteúdos de aviação comercial

Inicio

Ground Handling, Europa

Passageiros desesperam no aeroporto de Schiphol em Amesterdão, nos Países Baixos

O aeroporto de Schiphol (AMS) em Amesterdão, nos Países Baixos, que reduziu o número de efetivos durante a pandemia da Covid-19, enfrenta agora uma falta grave de pessoal.

Milhares de pessoas desesperam em longas filas para embarcarem e partir de férias.
Várias companhias cancelaram os voos a pedido da administração do aeroporto que pretendeu reduzir o número de passageiros para os 3.500, este sábado (30/04).
O diretor da Associação Holandesa de Agentes de Viagens e Operadores Turísticos afirma que “Isto é mau planeamento” Frank Oostdam assegura que “desde janeiro que se sabe que muitas pessoas querem ir de férias para o estrangeiro em maio. Se isso não é acautelado, então este é o resultado”.
Este é o segundo fim de semana de caos em Schiphol. Por isso, esta semana os passageiros dirigiram-se ao aeroporto bem mais cedo. Há passageiros a chegarem quatro horas antes do voo.
A companhia holandesa KLM anunciou ter cancelado cerca de meia centena de voos, este fim de semana, de e para o aeroporto de Schiphol e outras companhias transferiram vários voos para os aeroportos de Roterdão e de Haia.

Artigos relacionados

Mais em Europa, Ground Handling (5º de 1159 artigos)

«Dezenas de voos foram cancelados no aeroporto de Schiphol, em Amesterdão, este sábado (23/04), devido à greve dos trabalhadores de assistência em escala da KLM,  num dia de movimento excecional, em ...