pista73.com

conteúdos de aviação comercial

Inicio

Manutenção Aeronáutica, América do Norte

Embraer inaugura Centro de Engenharia e Tecnologia (CETE) na Flórida

O 500 Phenom da Embraer

A Embraer inaugurou hoje o seu Centro de Engenharia e Tecnologia (CETE) na Flórida, EUA. Esta avançada instalação, com cerca de 7 mil metros quadrados, é a primeira do género fora do Brasil, e faz parte da estratégia da Empresa para expandir sua presença global. O evento foi marcado por uma cerimónia com a participação de mais de 250 pessoas, entre autoridades, representantes da comunidade, imprensa e convidados.
O novo Centro vai realizar atividades de engenharia e de desenvolvimento tanto para produtos quanto tecnologias em todas as linhas de negócios da Embraer, com as primeiras atividades focadas principalmente em interiores de jatos executivos. O CETE vai incluir um laboratório para o desenvolvimento e teste de materiais e componentes. Entre as funcionalidades disponíveis no Centro estão projeto tri-dimensional computadorizado, dinâmica de fluidos computacional, modelagem por elementos finitos, centro de realidade virtual, recursos para prototipação e sofisticados laboratórios e equipamentos de teste.
“Este mês, em que celebramos o 35º aniversário da nossa presença na América do Norte, estamos mais uma vez expandindo nosso duradouro relacionamento com o Estado da Flórida e a comunidade de Brevard com a abertura de um Centro de Engenharia e Tecnologia de ponta”, disse Frederico Fleury Curado, Diretor-Presidente da Embraer. “Com a equipe altamente qualificada de engenheiros que vai trabalhar nesses escritórios e laboratórios, vamos oferecer as soluções mais avançadas para os nossos clientes.”
O Centro está localizado na General Aviation Drive, no Aeroporto Internacional de Melbourne, em mais de cinco hectares de terra situados em frente às instalações de montagem final do Phenom 100 e do Phenom 300 e ao Centro de Atendimento ao Cliente da Aviação Executiva, inaugurados em 2009 e 2011, respectivamente. Cerca de 70 engenheiros já foram contratados e vinham trabalhando em uma instalação temporária perto do aeroporto desde 2012. O total de postos de trabalho está previsto para chegar a 200 até 2016.

Parte: 1 2 3

Artigos relacionados

Mais em América do Norte, Manutenção Aeronáutica (16º de 96 artigos)

A empresa portuguesa MESA (Manutenção, Engenharia e Serviços de Aeronaves) vai construir um hangar no aeroporto de Beja para manutenção de aviões, sobretudo da companhia aérea Hi Fly, ...