pista73.com

conteúdos de aviação comercial

Inicio

Notícias

Açores – Centro de Formação Aeronáutica para pilotos,cabine e assistência em terra

nw-Sata_Int

«SATA vai formar pilotos de linha aérea com certificação para Airbus A320 e A310. O Centro de Formação Aeronáutica dos Açores que a SATA está a instalar em Santa Maria vai permitir a formação de pilotos de linha aérea desde a fase de voo base até à certificação para aviões Airbus A310 e A320.
Os primeiros voos base vão decorrer entre 15 de abril e 15 de maio na sequência de um contrato assinado com a empresa holandesa Flight Simulation Company, seguindo-se, entre 26 de maio e 10 de junho, uma ação idêntica contratualizada com o Instituto de Formação Aeronáutica.
“Esta aposta do Governo dos Açores é para ganhar o futuro para Santa Maria. Este investimento é para ajudar no desenvolvimento dos Açores e afirmar a ilha como elemento valorizador da região e contribuinte ativo para o seu desenvolvimento”, afirmou Vasco Cordeiro, secretário regional da Economia.
Vasco Cordeiro, que falava na cerimónia de lançamento da primeira pedra do Centro de Formação Aeronáutica dos Açores, frisou que esta infraestrutura “é uma aposta no reforço da capacidade exportadora” da região.
“O mercado potencial para este centro, que não se esgota no país, nem sequer nos mercados dos países de língua oficial portuguesa, é bem a prova que os Açores têm um imenso potencial de que temos consciência e que sabemos aproveitar cada vez melhor”, frisou.
O Centro de Formação Aeronáutica, que envolve um investimento global de cerca de 650 mil euros, vai ser instalado num edifício situado nas imediações do Aeroporto de Santa Maria, cujas obras de remodelação e equipamento devem estar concluídas em setembro.
Inicialmente pensado como local de formação para tripulantes de cabine e pessoal de terra do Grupo SATA, o centro acabou por alargar a sua atividade à formação de pilotos de linha aérea, que será a primeira área a iniciar a atividade por não necessitar de instalações físicas.
Na intervenção que proferiu na cerimónia de hoje, Vasco Cordeiro lançou também um desafio à Universidade dos Açores para que aproveite este investimento e promova a criação em Santa Maria de “uma formatura de grau superior em Ciências Aeronáuticas”. Por seu lado, o presidente da transportadora aérea açoriana SATA, António Gomes de Menezes, destacou a importância deste centro, que “representa um investimento naquilo que é mais precioso”, ou seja, a formação dos trabalhadores e, consequentemente, na segurança dos passageiros.
O Centro de Formação Aeronáutica dos Açores vai permitir a qualificação de pilotos em A320 e A310, mas também a formação de pessoal técnico, de cabine e de assistência em terra.
Para esse efeito, o espaço coberto com cerca de 750 metros quadrados vai receber material adequado, incluindo simuladores que permitirão “recriar a situação real no avião”. Nesse sentido, a SATA já adquiriu ou está em negociações para adquirir secções de aviões que permitirão a formação num ambiente idêntico ao que se existe no interior das aeronaves.
O treino para situações de emergência e de incapacidade do piloto ou o combate a incêndio são algumas das áreas previstas de formação, que também abrangerá primeiros socorros e suporte básico de vida ou serviços em terra, como o check-in.»

artigo publicado na página de internet “Açoriano Oriental”
(30 Março 2012)

 

Artigos relacionados

Mais em Notícias (779º de 779 artigos)

A Academia de Formação de Pilotos da Emirates (Flight Training Academy), criada pela transportadora aérea para responder à crescente procura de pilotos, assina um acordo com a Cirrus Aircraft e a Embraer ...