pista73.com

conteúdos de aviação comercial

Inicio

Notícias

Aeroporto de Roma – Operador de rampa morre na operação de descarregamento.

LOADER

«Acidente ocorreu ontem ao final da tarde e obrigou o avião da TAP a ficar no aeroporto de Roma. Passageiros retidos já regressaram a Portugal.
O acidente ocorreu pouco depois o avião da companhia aérea nacional ter aterrado no aeroporto de Roma às 18.17 (hora local, menos uma em Lisboa). Segundo o DN apurou, o operador da empresa Aviapartner, que faz o ‘handling’ em Roma, encontrava-se na máquina “Loader” (que funciona como um elevador) e esta, ao subir, não terá parado, esmagando o trabalhador contra a porta do avião. Não se sabe se foi erro humano ou falha do equipamento.
O avião em causa não pôde regressar a Portugal devido à investigação em curso e para averiguar se foram provocados danos na aeronave. O aparelho era suposto ter feito um voo de regresso a Portugal, mas a TAP confirmou ao DN que os passageiros afetados foram colocados noutro avião e já estão no País.
O DN está a tentar contactar a empresa Aviapartner.
Entretanto, a TAP informa que os trabalhadores da empresa não estão a prestar a assistência normal aos aviões devido ao acidente, o que está a prejudicar a normalidade no aeroporto da cidade italiana.
“Os trabalhadores da Aviapartner não estão a prestar assistência normal tanto à frota da TAP como das restantes companhias a que presta assistência, afetando, de forma significativa, a atividade operacional do aeroporto”, refere, em comunicado, a transportadora aérea, acrescentando estar a “desenvolver todas as diligências para poder operar ainda hoje”»

Elisabete Silva, artigo publicado no jornal “Dn
(12 Novembro 2012)

TVI24
Um trabalhador da empresa de handling Aviapartener no aeroporto de Roma morreu num acidente na tarde de domingo quando se preparava para retirar as bagagens de um avião da TAP, noticia a TVI24.
Segundo a estação televisiva, os trabalhadores recusaram prosseguir com o trabalho após o incidente, queixando-se da falta de condições de segurança.
O acidente originou duas greves de todas as empresas de handling que operam no aeroporto da capital italiana. A primeira paralisação decorre das 13:00 às 15:00, enquanto a segunda ocorrerá entre as 17:00 e as 19:00.
«Na sequência desse acidente, as coisas têm estado perturbadas. Os trabalhadores do nosso operador [Aviapartner] não têm prestado assistência», disse à TVI24 o porta-voz da TAP, António Monteiro.
«As pessoas desembarcaram, mas as bagagens estão retidas. Não houve autorização das autoridades para as descarregar», referiu.
O avião da TAP, proveniente de Lisboa com cerca de 150 pessoas, sofreu danos na porta em consequência do acidente. Os passageiros que vinham para Lisboa à noite foram trazidos por outro avião.

Artigos relacionados

Mais em Notícias (779º de 779 artigos)

«As dificuldades na assistência de aviões do aeroporto internacional de Bissau causaram transtornos aos passageiros de um voo da TAP. As bagagens dos passageiros continuam em falta. ...