pista73.com

conteúdos de aviação comercial

Inicio

Notícias

Aeroporto do Porto cresce 17,7% e soma 406 mil passageiros em Janeiro 2011

«O aeroporto Francisco Sá Carneiro cresceu 17,7%, somando 406.534 passageiros. Há um ano, recebia 345 mil pessoas, o que representa um novo marco histórico: é o primeiro mês de Janeiro a ultrapassar a barreira dos 400 mil passageiros. As companhias aéreas realizam 4.896 movimentos, mais 12,5% face ao mês homólogo.
Segmento baixo custo com 53,9% de tráfego e 36,1% de movimentos
As companhias de low cost somaram 219.283 passageiros, mais 34,8%, uma percentagem de 53,9% do tráfego total. Foram responsáveis por 1.768 frequências, mais 34,8%. As companhias regulares transportaram 185.553 pessoas, mais 3,1% e as charter 1,539 passageiros, menos 32,5%.
Ryanair responsável por 37,5% dos passageiros voados
A Ryanair foi a companhia aérea que mais passageiros transportou em Janeiro, com 152.323, mais 48,8%. Efectuando 1.215 movimentos, uma subida de 50,7% comparativamente ao mesmo mês de 2010. A TAP somou 133.235 pessoas voadas, mais 3,6%, pela concretização de 2.102 frequências, mais 6%. A britânica easyJet aumento os movimentos em 22,7%, 406 no total, e registou 52.218 passageiros transportados, mais 23,3%.
A Transavia foi a quinta companhia com mais tráfego, transportando 12.274 passageiros, um decréscimo de 1,2%. A Air Berlin continua a perder tráfego no Porto, com menos 52% transportou 2.729 passageiros.
Principais Mercados de Janeiro
Os cinco destinos que mais passageiros movimentaram no aeroporto do Porto foram: Paris (Orly) 40.586 (14,2%); Lisboa 35.439 (1,7%); Genebra 30.095 (30,1%); Madrid 29.079 (2,8%) e Barcelona 21.428 (>250%) que continua a crescer um forte crescimento devido à nova ligação da Ryanair.»

Sérgio Bastos, artigo publicado na página de internet “Lowcost Portugal
(13 Fevereiro 2011)

Artigos relacionados

Mais em Notícias (779º de 779 artigos)

Os aeroportos de Lisboa, Porto e Faro, geridos pela ANA/Vinci, registaram os maiores crescimentos de tráfego em toda a Europa no período entre janeiro e novembro de 2016, ...