pista73.com

conteúdos de aviação comercial

Inicio

Notícias

Brasil – Aeroporto de Viracopos entregue à iniciativa privada

Privados irão administrar aeroporto de Campinas durante 30 anos.
nw-Brasil-viracopos-campinas

«A iniciativa privada assumiu a administração de Viracopos à meia-noite desta quarta-feira (14). Com isso, o aeroporto de Campinas (SP) é o primeiro de grande porte do país que passa a ser operado por empresas, após o leilão de concessão realizado pelo governo federal em fevereiro. A transição em Guarulhos (SP) está marcada para esta quinta-feira (15) e em Brasilía no dia 1º de dezembro.
O aeroporto internacional de Campinas será administrado pela Concessionária Aeroportos Brasil Viracopos durante 30 anos. O grupo é formado por três empresas, Triunfo Participações e Investimentos, UTC Participações e a francesa Egis Airport Operation. O plano da iniciativa privada é investir R$ 9,5 bilhões ao longo das três décadas.
A transição de Viracopos para a iniciativa privada começou em 13 de agosto. Inicialmente, a concessionária pôde acompanhar o trabalho executado pela Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero). A partir desta quarta-feira, a gerência passa a ser de responsabilidade das empresas.
Concessionária trabalhou em mudanças no visual do Aeroporto de Viracopos, em Campinas, durante a madrugada desta quarta-feira (Foto: Divulgação / Aeroportos Brasil Viracopos)Concessionária fez mudanças no terminal.
Nessa etapa, a nova gestora do aeroporto terá o apoio da Infraero. A data para iniciativa privada assumir a operação de Viracopos sem esse respaldo é fevereiro de 2013, caso o prazo não seja prorrogado.

Papel da concessionária
A concessionária conduzirá todas as atividades funcionais do aeroporto, como a gestão de recursos humanos e capacitação de empregados, programas de segurança e vigilância, programas de operação e manutenção do sítio aeroportuário, programas de administração e finanças, operação comercial, além de ser responsável pela interação e comunicação com os demais envolvidos no dia a dia de Viracopos, como usuários, lojistas e agentes governamentais.
A iniciativa privada assinou um termo com a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) nesta terça-feira (13). No documento, as empresas se comprometem a assumir o pagamento das despesas do aeroporto e passam a responder às exigências dos poderes públicos. Com o acordo, a concessionária também será responsável pelos bens do aeródromo de Campinas no período de 30 anos, com o compromisso de devolvê-los na mesma condição na qual foram entregues.
Segundo a Anac, o controle do espaço aéreo de Viracopos continua sendo competência do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea), da Aeronáutica.

Parte: 1 2

Artigos relacionados

Mais em Notícias (779º de 779 artigos)

«Aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre, passa a ser administrado pela empresa alemã a partir desta sexta-feira (28). A Fraport, que já opera noutros aeroportos pelo mundo, vai ter o compromisso de ...