pista73.com

conteúdos de aviação comercial

Inicio

Notícias

Brasil – Infraero procura sócio estrangeiro para a Infraero Serviços

Torre de Control

«A Infraero têm pressa em conseguir um sócio estrangeiro para tirar do papel a sua mais nova subsidiária, a Infraero Serviços, cuja criação foi anunciada na semana passada pela presidente Dilma Rousseff. O plano da estatal é escolher um parceiro minoritário para o negócio até junho do ano que vem, disse nesta sexta o presidente da Infraero, Gustavo do Vale.
Na semana que vem, um grupo de trabalho formado por profissionais da empresa e apoiado por representantes do Banco do Brasil começa a definir os critérios para escolher o acionista privado. “Vai ser (um processo) público e com critérios bem definidos para que possamos ter o melhor parceiro possível”, declarou Vale após fazer vistoria no aeroporto internacional Antônio Carlos Jobim (Galeão), no Rio.
Depois da falta de clareza inicial do governo sobre o papel da nova estatal, ele deu detalhes sobre a área de atuação da Infraero Serviços. O executivo explicou que a empresa a ser criada terá foco na prestação de serviços nos aeroportos administrados pela própria Infraero e na assessoria a prefeituras em projetos de aeroportos regionais.
“As torres de controle (dos aeroportos) de Guarulhos e de Campinas são operadas pela Infraero, mas isso não tem nada a ver com a (atividade principal da) Infraero em si. Então a possibilidade é que essa empresa preste serviço de navegação aérea, assim como ela pode prestar serviço de handling“, exemplificou o executivo.
O objetivo de transferir algumas dessas atividades da Infraero para a Infraero Serviços, de acordo com Vale, é dar mais agilidade na prestação desses serviços. “A ideia é que tiremos da empresa pública Infraero uma outra empresa de prestação de serviços que tenha a mesma agilidade que têm as (demais) empresas que prestam esses serviços”, disse.
Com relação à prestação de assessoria a prefeituras, a Infraero pretende atender à demanda dos municípios que foram contemplados com investimentos em aeroportos regionais no pacote para o setor anunciado na semana passada pelo governo federal. Muitas prefeituras não têm experiência nessa área e precisarão de apoio. A Infraero poderia também oferecer serviços operacionais para esses municípios.
Vale reafirmou que a Infraero será maioritária na nova empresa, mas disse que o tamanho da fatia do sócio que o governo busca para o negócio ainda não está definida.”A participação vai depender da própria condição do parceiro de investir”, disse.
O executivo explicou que, diferentemente do road show feito pelo governo este ano na Europa para tentar atrair sócios para a Infraero na administração de grandes aeroportos do País, a ideia agora é chamar grandes operadores de aeroportos estrangeiras ao Brasil para conhecer o projeto da Infraero Serviços.»

Glauber Gonçalves, artigo publicado na página de internet “Exame”
(28 Dezembro 2012)

Artigos relacionados

Mais em Notícias (779º de 779 artigos)

«Profissionais que desejam se aperfeiçoar em gestão de aeroportos têm até o dia 15 de março para se inscrever no Curso Básico para Gestores Aeroportuários (CBGAR), ...