pista73.com

conteúdos de aviação comercial

Inicio

Notícias

Cabo Verde – Tráfego nos aeroportos em 2011

ASA_Cabo-verde

«Praia – O tráfego de passageiros nos aeroportos de Cabo-Verde cresceu 11,2 por cento em 2011, passando para 1.783.111 passageiros (mais 179.044 do que em 2010), indicou a Aeroportos e Segurança Aérea (ASA) cabo-verdiana, citado pela Lusa.
Segundo os dados da empresa gestora dos quatro aeroportos e três aeródromos do arquipélago, citados pela agência Inforpress, o número de passageiros internacionais cresceu 20,8 por cento, atingindo os 901.099, superando, pela primeira vez, o mercado doméstico, que também aumentou 2,8 por cento, para 882.012 passageiros.
Os dados indicam também que o movimento de aeronaves cresceu 9,2 por cento – 12,3 por cento no internacional e 7,9 por cento no doméstico. A carga embarcada e desembarcada ultrapassou as 4.000 toneladas, representando um crescimento de 9,3 por cento, sendo 20,7 por cento no internacional e 2,3 por cento no doméstico.
“Os resultados positivos são a confirmação dos sinais de retoma nas actividades do turismo e do sector de transportes aéreos”, salientou a ASA.
O aeroporto do Sal movimentou o maior número de passageiros, com 576.323 -, 364.310 internacionais (mais 12,1 por cento) e 212.013 domésticos (1,7 por cento).
O aeroporto da Praia movimentou um total de 528.495 passageiros, sendo 231.380 internacionais (+4,6 por cento) e 297.115 domésticos (+5,2 por cento), enquanto o da Boavista se posicionou em terceiro lugar, com 364.990 passageiros – 282.178 internacionais (+49,9 por cento) e 82.812 domésticos (+19,3 por cento).
O aeroporto de São Vicente, inaugurado há pouco mais de dois anos, contabilizou um total de 196.562 passageiros (+3,2 por cento), 23.231 internacionais (+104,2 por cento) e 173.331 domésticos (-3,2 por cento).
O fluxo de passageiros aumentou também nos três aeródromos São Filipe (ilha do Fogo – 71.035 passageiros, 2,8 por cento), São Nicolau (26.518, 3,2 por cento) e Maio (19.188, 14,1 por cento).
No que respeita a movimentos de aeronaves, os aeroportos de Cabo-Verde registaram um aumento global de 9,2 por cento em 2011, com maior expressão na actividade internacional (+12,3 por cento) do que no doméstico (+7,9 por cento).
Facto a assinalar, pela ASA, são os expressivos aumentos dos movimentos internacionais na Boavista (+30 por cento) e Sal (+8,6 por cento).
Na FIR Oceânica do Sal, realça a ASA, houve “um crescimento extraordinário” de 12,6 por cento em 2011, tendo sido controladas 44.170 aeronaves em 2011, representando uma média de 121 por dia.»

artigo publicado na página de internet “Angola Press
(3 Fevereiro 2012)

ASA E.P., Empresa Nacional de Aeroportos e Segurança Aérea
A asa – E.P., Empresa Nacional de Aeroportos e Segurança Aérea, criada a 17 de Fevereiro de 1984, passou a designar-se por asa – S.A., ao assumir a partir de Junho de 2001, a forma de S.A., Sociedade Anónima, a reger-se pelo código das empresas comerciais, mantendo-se, no entanto, a titularidade de todos os direitos e obrigações de que era detentora a asa –E.P.Vinte e cinco anos depois da sua criação e dos progressos conseguidos a vários níveis, a asa encontra-se numa fase importante do seu ciclo de vida que se caracteriza por uma firme e continuada aposta no desenvolvimento tecnológico, na modernização das infra-estruturas e na capacitação dos recursos humanos, por forma a dotar-se de instrumentos de gestão compatíveis com os modelos existentes em países e organizações internacionais, permitindo-lhe o acompanhamento e a adequação ao dinamismo e às mudanças que se processam a nível do sistema mundial dos transportes aéreos.

 

Artigos relacionados

Mais em Notícias (166º de 779 artigos)

«Um total de um milhão 849 mil e 455 passageiros passaram pelos aeroportos de Cabo Verde, em 2012, um aumento de 3,7 porcento em relação ao ano anterior, que registou um milhão 783 mil e 111 ...