pista73.com

conteúdos de aviação comercial

Inicio

Notícias

Inspecção à segurança operacional deu à TAAG uma nota “brilhante”

Auditoria de Segurança Operacional da IATA

«A inspecção da Auditoria de Segurança Operacional da IATA à TAAG ocorrida durante este mês de Janeiro teve resultados “extremamente satisfatórios” para a companhia angolana, informou fonte próxima da administração da companhia aérea angolana.
“Brilhante”, foi como a TAAG considerou o resultado da inspecção que é a terceira e que abrangeu todas as áreas operacionais da empresa: manutenção, operações de voo e operações de terra e segurança operacional.
Os resultados, claramente animadores para a TAAG, são um sinal muito positivo relativamente ao programa de medidas aplicadas pelos gestores da companhia aérea nacional. Pela segunda vez consecutiva, a inspecção da Auditoria de Segurança Operacional da IATA dá nota alta à TAAG nas suas inspecções. Foi na sequência de uma primeira inspecção da Auditoria de Segurança Operacional da IATA que a TAAG se viu impossibilitada de voar para o espaço aéreo europeu.
Outro bom sinal para a companhia é a excelente colaboração da General Electric, o fabricante dos motores dos Boeing 777/200, com a TAAG, na procura de soluções para os problemas verificados nos motores e que conduziram à decisão da administração da TAAG paralisar a operação daquela frota até ao completo esclarecimento da origem das causas de avarias.
A General Eletric já descartou qualquer responsabilidade da TAAG nos problemas surgidos nos reactores, pelo que está a dar o maior apoio no sentido de serem encontradas soluções para repor a operacionalidade dos aparelhos da TAAG.
O avião que ficou avariado no Rio de Janeiro deve recomeçar os seus voos dentro de uma semana, enquanto o avião que está em Lisboa deve começar a voar em meados de Fevereiro. O terceiro, que está em Luanda, é o último a entrar em operação. Os três aviões estão a receber motores, o que demorou mais tempo a resolver os problemas.
A frota de longo curso da TAAG vai ser a meio do ano reforçada com mais dois aviões 777-300-ER o que dá um lastro maior à operação da companhia aérea nacional.»

artigo publicado no “Jornal de Angola”
(27 Janeiro 2011)



Artigos relacionados

Mais em Notícias (779º de 779 artigos)

«A transportadora aérea angolana TAAG recebe este mês o quarto avião boeing 777-300 ER, o primeiro da sua frota com internet a bordo, perspetivando a companhia estatal a abertura de novas rotas ...