pista73.com

conteúdos de aviação comercial

Inicio

Notícias

Urbanos quer negócio de carga da Groundforce

Termina hoje o segundo prazo dado pela AdC à TAP para vender 50,1% da empresa de ‘handling’.
Urbanos_1

«Termina hoje o prazo dado pela Autoridade da Concorrência (AdC) à TAP para vender 50,1% da Groundforce, mas a companhia aérea portuguesa continua sem concretizar o negócio. As negociações prosseguem com a portuguesa Urbanos – que quer apenas o negócio de carga -, a belga Aviapartner, a inglesa Menzies e a suíça Swissport.
O Diário Económico apurou que o final de Junho é agora o novo prazo da TAP para dar este dossier por encerrado. “Estamos em fase de avaliação da empresa”, confirmou João Pecegueiro, presidente da Urbanos, ao Diário Económico, que garante não ter ainda entregue à TAP uma proposta fechada. O presidente da operadora de logística diz ainda desconhecer os ‘timings’ concretos de “todo o processo de propostas e avaliação de propostas”.
Do lado da TAP, fonte oficial não se compromete com novos prazos, limitando-se a confirmar que o processo está ainda a decorrer: “A TAP recebeu as propostas para a venda do controle da SPdH [Grundforce], deu ‘feedback’ específico a cada uma delas e estamos na fase de recepção de alterações e avaliações finais.”»

Hermínia Saraiva , artigo publicado na página de internet “Económico
(19 Maio 2011)

 

Artigos relacionados

  • Groundforce mantém licença para operar nos aeroportos
  • Groundforce - Autoridade da Concorrência valida compra
  • Urbanos compra Groundforce à TAP
  • A belga Aviapartner compra operadora de handling Groundforce
  • Venda da Groundforce durante as próximas duas semanas
  • Handling - Groundforce vendida a preço de 'saldo'
  • Venda da TAP atrasa com eleições
  • Grupo português quer negócio da carga da Groundforce
Mais em Notícias (284º de 779 artigos)
Infraero aeroportos

«O ministro da Aviação Civil, Wagner Bittencourt, afirmou nesta segunda-feira que o número de aeroportos atendidos pela aviação comercial deverá passar de 129 para 200 até 2014. Segundo ele, o ...